Cotidiano

‘Mamãe Noel’ pede 150 brinquedos que faltam para doar às crianças do Noroeste na virada

Há três anos Maria Helena, 52 anos, também conhecida como Dona Helena, vem fazendo a alegria das crianças do Bairro Noroeste, em Campo Grande. Ela doa brinquedos para os pequenos que vivem no local no Natal e Ano Novo. Desta vez não foi diferente, a dona Helena, ou, melhor dizendo, Mamãe Noel, nome de seu […]

Gabriel Neves Publicado em 27/12/2020, às 14h20 - Atualizado às 14h54

Dona Helena. (Foto: Thays Rodrigues/ What'sApp Jornal Midiamax).
Dona Helena. (Foto: Thays Rodrigues/ What'sApp Jornal Midiamax). - Dona Helena. (Foto: Thays Rodrigues/ What'sApp Jornal Midiamax).

Há três anos Maria Helena, 52 anos, também conhecida como Dona Helena, vem fazendo a alegria das crianças do Bairro Noroeste, em Campo Grande. Ela doa brinquedos para os pequenos que vivem no local no Natal e Ano Novo.

Desta vez não foi diferente, a dona Helena, ou, melhor dizendo, Mamãe Noel, nome de seu projeto, entregou diversos brinquedos para as crianças do bairro no Natal, e tudo isso acompanhado de cachorro quente à vontade.

Agora a Mamãe Noel encara a segunda parte. Serão doados cerca de 200 brinquedos, mas para cumprir seu objetivo, ela ainda precisa de 150 bonecas, carrinhos, bolas e outros brinquedos. “Se Deus quiser almas boas vão aparecer e eu vou conseguir esses brinquedos para alegrar o fim de anos das crianças aqui do bairro”, disse Dona Helena.

Sem se esquecer do que já conseguiu, Maria Helena fez questão de agradecer aos que já a ajudaram. “Muito obrigada a todos que doaram brinquedos, foi muito importante para o projeto”. A Mamãe Noel pretende entregar os brinquedos no dia 31 de dezembro, “mas caso eu não consiga todas as doações, eu vou entregar no dia 1° de janeiro mesmo, ou depois, o importe é entregar”, disse Dona Helena com a voz ‘sorridente’ e cheia de esperanças que receberá as doações.

Os interessados em ajudar podem levar qualquer doação até a Rua Atuba, 170, Jardim Noroeste. Ou ligar para o número (67) 9 9141-2069 e conversar direto com dona Helena.

Jornal Midiamax