Cotidiano

Mais de 100 policiais civis fazem teste após servidor ser infectado com coronavírus

Na manhã desta terça-feira (9) mais de 100 policiais civis fazem teste para o coronavírus (Covid-19) na DGPC (Delegacia Geral de Polícia Civil de Mato Grosso do Sul) depois de um funcionário ter contraído a doença. O agente teve o teste positivo na última sexta-feira (5). Além dos policiais que trabalham no prédio da DGPC […]

Thatiana Melo Publicado em 09/06/2020, às 09h21 - Atualizado às 13h32

(Leonardo França, Midiamax)
(Leonardo França, Midiamax) - (Leonardo França, Midiamax)

Na manhã desta terça-feira (9) mais de 100 policiais civis fazem teste para o coronavírus (Covid-19) na DGPC (Delegacia Geral de Polícia Civil de Mato Grosso do Sul) depois de um funcionário ter contraído a doença. O agente teve o teste positivo na última sexta-feira (5).

Além dos policiais que trabalham no prédio da DGPC outros agentes de delegacias em Campo Grande, que circulam no local também passarão por testes para a detecção ou não da covid-19 e caso os resultados sejam positivos, os funcionários serão afastados imediatamente e acompanhados em isolamento em casa.

Os resultados dos testes dos servidores ficam prontos em 20 minutos. A DGPC foi fechada nesta segunda-feira (8) para que houvesse o processo de desinfecção. O Sinpol-MS (Sindicato dos Policiais Civil de Mato Grosso do Sul) acompanhou o desenrolar do protocolo.

As delegacias de Ponta Porã e Guia Lopes da Laguna também foram fechadas para desinfecção após policiais terem contraído a doença. O Sinpol-MS afirmou em nota que cobra medidas de proteção aos demais policiais da DGPC.

Em abril, a delegacia de Miranda foi fechada e passou por processo de desinfecção depois de receber presos com coronavirus.

Jornal Midiamax