Cotidiano

Mais 15 bombeiros chegam do Paraná para combater incêndios no Pantanal da Nhecolândia

O reforço de 15 militares do Corpo de Bombeiros chegou, nesta quinta-feira (17), e somou na força-tarefa que está atuando nos combates de Porto da Manga, região do Pantanal de Nhecolândia, em Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande. As chamas atingem as áreas há cerca de 5 dias, e já ameaça comunidades ribeirinhas do […]

Karina Campos Publicado em 17/09/2020, às 17h46 - Atualizado às 17h50

(Foto: Divulgação Governo de MS)
(Foto: Divulgação Governo de MS) - (Foto: Divulgação Governo de MS)

O reforço de 15 militares do Corpo de Bombeiros chegou, nesta quinta-feira (17), e somou na força-tarefa que está atuando nos combates de Porto da Manga, região do Pantanal de Nhecolândia, em Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande.

As chamas atingem as áreas há cerca de 5 dias, e já ameaça comunidades ribeirinhas do Rio Paraguai, próximo a Estrada-Parque. De acordo com o Governo do Estado, na terça-feira (15), o fogo chegou a 200 metros da vila, e foi combatido por brigadistas do Prevfogo/Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Segundo o comandante do 3º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Corumbá, tenente-coronel Luciano Alencar, o fogo alcançou o galinheiro do local e se aproximou das residências. “Os moradores entraram em pânico, foi uma correria para apagar o fogo que estava sendo empurrado pelo vento”, relatou o pescador Delson Carneiro, antigo morador.

Ainda conforme o monitoramento, o fogo pode chegar próximo ao canal do Rio Taquari e atingir comunidades indígenas. O Ibama informou que brigadistas indígenas da tribo Kadiwéu estão dando apoio no voluntariado.

Planos de ação

Além do efetivo dos miliares do Paraná, a parceria com o estado vizinho inclui o apoio de sete caminhões-pipa, que suportam cerca de 42 mil litros de água e que devem chegar à região ainda nesta semana.

Cerca de 2,9 milhões de hectares foram destruídos pelas chamas no Pantanal, sendo 1,8 milhão apenas em Mato Grosso do Sul, de janeiro a setembro deste ano.

Nesta semana, o Estado recebeu R$  3,8 milhões de recursos liberados pelo Governo Federal, para ampliar as ações de combate aos incêndios florestais do bioma pantaneiro.

Jornal Midiamax