Cotidiano

Inmet alerta para tempestade com ventos de até 100 km/h em 34 municípios de MS

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta para a possiblidade de chuvas até a quarta-feira (30) em 34 municípios de Mato Grosso do Sul. O alerta está em vigor desde o domingo (27) e tem projeção de término para esta quarta-feira. Conforme o instituto, a chuva pode alcançar entre 30 e 60 mm/h ou […]

Ranziel Oliveira Publicado em 29/12/2020, às 18h04 - Atualizado em 30/12/2020, às 08h38

Previsão é que temporais ocorram entre a tarde e noite de hoje. (Foto: Marcos Ermínio/ Jornal Midiamax)
Previsão é que temporais ocorram entre a tarde e noite de hoje. (Foto: Marcos Ermínio/ Jornal Midiamax) - Previsão é que temporais ocorram entre a tarde e noite de hoje. (Foto: Marcos Ermínio/ Jornal Midiamax)

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta para a possiblidade de chuvas até a quarta-feira (30) em 34 municípios de Mato Grosso do Sul. O alerta está em vigor desde o domingo (27) e tem projeção de término para esta quarta-feira.

Conforme o instituto, a chuva pode alcançar entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, Já os ventos podem variar entre 60-100 km/h. Existe um risco potencial para queda de galhos de árvores, corte de energia elétrica, alagamentos e de descargas elétricas.

Além da Capital, o alerta se estende para Alcinópolis, Aparecida Do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Brasilândia, Camapuã, Cassilândia, Chapadão Do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Jaraguari, Nova Alvorada Do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Paraíso Das Águas, Pedro Gomes, Ribas Do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde De Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita Do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, São Gabriel Do Oeste, Terenos, Três Lagoas e Água Clara.

Como se proteger

Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Para mais informações: Entre em contato com a Defesa Civil no 199 e com o Corpo de Bombeiros no 193.

Jornal Midiamax