Cotidiano

HU-UFGD volta a permitir acompanhantes de gestantes

Depois de uma semana em medida restritiva, que suspendeu a entrada e permanência dos acompanhantes das gestantes, parturientes e puérperas na maternidade, o HU-UFGD Hospital (Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) voltou a admitir a presença do acompanhante. A flexibilização da medida foi anunciada nesta semana e garante o direito das mulheres internadas.Entre...

Marcos Morandi Publicado em 01/07/2020, às 08h55 - Atualizado às 08h58

Medida foi flexibilizada com realização de triagem.(Foto: Divulgação)
Medida foi flexibilizada com realização de triagem.(Foto: Divulgação) - Medida foi flexibilizada com realização de triagem.(Foto: Divulgação)

Depois de uma semana em medida restritiva, que suspendeu a entrada e permanência dos acompanhantes das gestantes, parturientes e puérperas na maternidade, o HU-UFGD Hospital (Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) voltou a admitir a presença do acompanhante.

A flexibilização da medida foi anunciada nesta semana e garante o direito das mulheres internadas.Entretanto, diante do crescimento do número de casos de coronavírus na cidade, a unidade hospitalar aumentou quantidade de EPIs (equipamentos de proteção individual) aos usuários do serviço e também instalou um sistema de triagem para gestantes e acompanhantes.

Além da liberação de acompanhantes, o Comitê e o Subcomitê de Gerenciamento de Crises disponibilizou uma lista de  orientações para as mães, com perguntas e respostas que podem facilitar durante o sistema de triagem que foi montado para atendimento que podem ser acessadas no portal do HU-UFGD.

O HU-UFGD  é hospital de referência e atua acima da capacidade, enfrentando frequentemente a situação de superlotação (mesmo fora do contingenciamento da pandemia), perfazendo um total de atendimento em torno de 350 a 400 procedimentos obstétricos por mês.

Jornal Midiamax