Cotidiano

Hospitais ampliam oferta de leitos UTI e taxa de ocupação cai para 89,8% em Campo Grande

Campo Grande tem disponível 20 leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratamento de pacientes com coronavírus (Covid-19), conforme os dados disponibilizados até a manhã desta segunda-feira (7) no ‘Painel Mais Saúde’, sistema da SES (Secretaria Estadual de Saúde) Assim, o município tem 177 pacientes internados em estado grave dos 197 leitos disponíveis. Como o […]

Gabriel Maymone Publicado em 07/12/2020, às 08h06 - Atualizado às 13h28

Hospitais aumentam oferta de leitos e taxa de ocupação cai em Campo Grande. (Foto: Governo do Rio de Janeiro)
Hospitais aumentam oferta de leitos e taxa de ocupação cai em Campo Grande. (Foto: Governo do Rio de Janeiro) - Hospitais aumentam oferta de leitos e taxa de ocupação cai em Campo Grande. (Foto: Governo do Rio de Janeiro)

Campo Grande tem disponível 20 leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratamento de pacientes com coronavírus (Covid-19), conforme os dados disponibilizados até a manhã desta segunda-feira (7) no ‘Painel Mais Saúde’, sistema da SES (Secretaria Estadual de Saúde)

Assim, o município tem 177 pacientes internados em estado grave dos 197 leitos disponíveis. Como o sistema coletou dados no domingo (6), nem todos os hospitais divulgaram números atualizados.

Então, a taxa de ocupação de leitos UTI para Covid-19 está em 89,8%. O número melhorou se comparado a sexta-feira devido ao aumento no número de leitos, principalmente no Hospital da Cassems.

Situação por hospital

Referência do SUS para tratamento da doença em MS, o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) teve capacidade aumentada de 54 para 86 nos últimos dias. Entretanto, não foi suficiente para acompanhar o avanço das internações pela doença e está com todos os leitos ocupados.

Outro hospital que está há quase duas semanas com taxa de ocupação de 100% é o da Unimed. São 30 leitos UTI Covid-19 que a unidade disponibiliza. À reportagem, o hospital informou que “está tomando as providências para que os beneficiários sejam atendidos com rapidez e eficiência” e que não descarta abrir novos leitos, sem informar se irá providenciar o aumento.

Já o Hospital da Cassems, que estava próximo da lotação máxima ampliou o número de leitos UTI para Covid-19 de 30 para 44. Os dados informados pelo hospital mostram que houve diminuição no número de internados de domingo para esta segunda-feira, de 39 para 30.

Na Clínica Campo Grande, consta no ‘Painel Mais Saúde’ que o hospital tinha 12 leitos UTI e 9 estavam ocupados no domingo (6). No El Kadri e Proncor todos os 10 leitos UTI estão ocupados. Já no Pênfigo, são 10 pacientes internados no total de 15 que o hospital possui.

Ampliação

Segundo informado pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), até o dia 15 deste mês, outros 68 leitos UTI serão ativados nos hospitais de Campo Grande.

Jornal Midiamax