Cotidiano

#HeForShe: Coordenadoria da Mulher propõe adesão a movimento da ONU

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, sob a responsabilidade da juíza Helena Alice Machado Coelho, em parceria com a equipe da Comunicação do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), e com apoio do Des. Paschoal Carmello Leandro, presidente do TJMS, aderiu ao movimento “HeForShe”. Em português, […]

Mariane Chianezi Publicado em 16/09/2020, às 16h33

None
A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, sob a responsabilidade da juíza Helena Alice Machado Coelho, em parceria com a equipe da Comunicação do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), e com apoio do Des. Paschoal Carmello Leandro, presidente do TJMS, aderiu ao movimento “HeForShe”.
Em português, a ação significa “EleParaEla” e é um movimento da ONU (Organização das Nações Unidas) Mulheres, lançado no dia em 20 de setembro de 2014, visando engajar pessoas de todos os sexos, gêneros, raças, etnias e classes sociais para novas relações de gênero sem atitudes e comportamentos machistas.
Para a ONU Mulheres, todas as vozes são poderosas para difundir ao mundo que a igualdade de gênero é uma causa de toda a humanidade. Na verdade, o movimento é um esforço global para envolver mais pessoas na remoção das barreiras sociais e culturais que impedem mulheres de atingir seu potencial, ajudando a construir uma nova sociedade mais justa.
O alcance da igualdade de gênero requer uma abordagem inclusiva, que reconheça o papel fundamental de todos como parceiros dos direitos das mulheres e detentores de necessidades próprias baseadas na obtenção deste equilíbrio.
Assistiu aos jogos da copa do mundo de futebol 2014? Lembra-se das ações do HeForShe com a torcida masculina? Naquela oportunidade, a ação foi concentrada no registro fotográfico de torcedores para expressar a adesão ao #HeForShe e incentivar imagens de igualdade e cuidado entre homens e mulheres.

Mobilização

O TJMS convida magistrados, servidores e sociedade em geral – homens e mulheres, a serem parceiros na implementação de uma visão comum da igualdade de gênero. Para participar basta enviar um foto, preferencialmente na horizontal, segurando uma folha de papel com a inscrição #HeForShe, para [email protected], depois de aceitar o convite para se comprometer com a causa.
Para isso, a Secretaria de Comunicação disponibilizou um banner na página do Tribunal de Justiça que leva direto ao site onde é possível aceitar o convite. Leva apenas 10 segundos para se tornar parte deste movimento que pretende mudar a história sobre a igualdade de gêneros no país. E mais: as imagens serão divulgadas nas redes sociais do Poder Judiciário.
Disposto a demonstrar o seu apoio ao fim da violência contra as mulheres e a promoção da igualdade? A ONU Mulheres pretende garantir o compromisso de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo de apoiar a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres. Chefes de Estado, CEOs e celebridades já assumiram um compromisso com a igualdade de gênero. Falta você…
Ajude a ampliar o diálogo sobre os direitos das mulheres e acelerar os progressos para alcançar a igualdade de gênero. Aceite o convite, envie sua foto, faça parte dessa rede que pretende mudar a igualdade de gênero, fazendo com que a questão deixe de ser apenas das mulheres para se tornar uma união de pessoas, beneficiando toda a sociedade nos âmbitos social, político e econômico.
Jornal Midiamax