Cotidiano

Guarda queima 200 pipas apreendidas em operação contra uso de cerol e linha chilena 

Em mais uma ação contra o uso de cerol e linha chilena, a Guarda Civil Metropolitana aprendeu mais de 200 pipas e 280 carreteis em Campo Grande. Os produtos foram incinerados nesta sexta-feira (05), em Campo Grande, com apoio de militares do Corpo de Bombeiros. De acordo com as informações da Guarda, durante quatro fins […]

Dayene Paz Publicado em 06/06/2020, às 08h29 - Atualizado às 18h57

200 pipas foram queimadas. Imagem: Divulgação, GCM
200 pipas foram queimadas. Imagem: Divulgação, GCM - 200 pipas foram queimadas. Imagem: Divulgação, GCM

Em mais uma ação contra o uso de cerol e linha chilena, a Guarda Civil Metropolitana aprendeu mais de 200 pipas e 280 carreteis em Campo Grande. Os produtos foram incinerados nesta sexta-feira (05), em Campo Grande, com apoio de militares do Corpo de Bombeiros.

De acordo com as informações da Guarda, durante quatro fins de semana, foram apreendidos 490 carretéis com material ilegal, 1733 pessoas foram abordadas e recolhidas 305 pipas.

“Foi incinerado para o material se tornar inutilizável”, destacou o comandante da GCM, Anderson Gonzaga. O comandante também afirmou que a ação da Guarda é um trabalho de prevenção contra as aglomerações nesses locais. “As ações ocorreram de forma estratégica em todas as regiões da cidade também se preocupando com a pandemia”, disse.

Na incineração do material nesta sexta-feira, foram 200 pipas 280 carretéis queimados.

Jornal Midiamax