Cotidiano

Governo prorroga proibição de queima controlada até novembro

Baixa possibilidade de chuva e forte calor foram os motivos

Adriel Mattos Publicado em 05/10/2020, às 07h56

(Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)
(Marcos Ermínio, Jornal Midiamax) - (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

O governo de Mato Grosso do Sul prorrogou até 15 de novembro a realização de queima controlada em todo o Estado. A resolução foi publicada na edição desta segunda-feira (5) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

Para determinar a medida, o secretário de estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck; e o superintendente do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos), Luiz Carlos Marchetti, consideraram que pode haver pouca chuva nos próximos 30 dias e o risco da queimada sair de controle devido ao forte calor e ventos.

Essa prática é proibida de 1º de agosto a 30 de setembro no Estado e até 31 de outubro na região do Pantanal. A queima controlada de restos florestais e agropastoris, exceto a queima da cana-de-açúcar é permitida fora desse período pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

Segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Corumbá registrou 145 focos de incêndio nas últimas 48 horas, chegando a 346 em outubro. Ao longo deste ano, a cidade já teve quase 7 mil focos.

Jornal Midiamax