Cotidiano

Governo de MS abre inscrições para Vale Universidade Indígena

O programa Vale Universidade Indígena começou a receber inscrições nesta quarta-feira (18) para o processo seletivo 2020. Os estudantes da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso) que tenham a etnia comprovada podem se inscrever no site da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho). Conforme resolução n° 10.105, publicada no DOE […]

Ana Paula Chuva Publicado em 18/03/2020, às 09h39

None

O programa Vale Universidade Indígena começou a receber inscrições nesta quarta-feira (18) para o processo seletivo 2020. Os estudantes da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso) que tenham a etnia comprovada podem se inscrever no site da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

Conforme resolução n° 10.105, publicada no DOE (Diário Oficial do Estado), o programa tem como objetivo dar apoio ao acadêmico indígena da UEMS, para que ele permanece na instituição através de benefício social.

Para se inscrever, o acadêmico deve comprar a etnia por meio do Rani (Registro Administrativo de Nascimento de Índio, por exemplo, não ter reprovação de qualquer disciplina na data de inscrição e convocação pelo programa e estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, mediante apresentação da Folha de Rosto de Atualização Cadastral do NIS (Número de Identificação Social).

As inscrições encerram às 16h do dia 4 de abril e em caso de fraude na documentação apresentada ou omissão/não veracidade das informações prestadas, o candidato será automaticamente desligado do processo seletivo e sujeito às sanções cabíveis.

Jornal Midiamax