Cotidiano

Frigorífico em MS com mais de 110 trabalhadores infectados assina acordo com MPT

Após ter 117 trabalhadores infectados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, o frigorífico BXB Ltda em Nioaque, cidade a 184 quilômetros de Campo Grande, realizou testagem no último sábado (22) e assinou uma TAC (Termo de Ajuste de Conduta) com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público de Mato Grosso do […]

Diego Alves Publicado em 24/08/2020, às 22h17

Foto: Nioaque On Line
Foto: Nioaque On Line - Foto: Nioaque On Line

Após ter 117 trabalhadores infectados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, o frigorífico BXB Ltda em Nioaque, cidade a 184 quilômetros de Campo Grande, realizou testagem no último sábado (22) e assinou uma TAC (Termo de Ajuste de Conduta) com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público de Mato Grosso do Sul.

O objetivo é o de assegurar mais proteção aos cerca de 430 funcionários. Dos 263 funcionários testados no sábado, 17 tiveram diagnóstico positivo.

Desde o primeiro caso confirmado de covid-19 no frigorífico, confirmado em 6 de agosto, a empresa examinou todos os trabalhadores e foram contabilizados 117 trabalhadores contaminados e um contactante, os quais retornam ao trabalho quando recuperados.

Além da testagem em massa dos empregados, de acordo com o MPT, o TAC prevê um coletivo de medidas para evitar a exposição indevida e diminuir o risco de contágio entre empregados, terceirizados, prestadores de serviços e visitantes no ambiente laboral, desacelerando assim a disseminação do vírus para a população.

Jornal Midiamax