Cotidiano

Fiscalização no comércio ‘bateu’ em 487 lojas às vésperas de feriado na Capital

Fiscalização realizada pela prefeitura no comércio de Campo Grande, para verificar se os lojistas estão seguindo os decretos de restrições de aglomeração por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), atingiu 487 estabelecimentos das 7 regiões urbanas na quinta-feira (9), véspera da Sexta-Feira Santa. Os trabalhos devem continuar ao longo do fim de semana, segundo […]

Humberto Marques Publicado em 10/04/2020, às 08h23 - Atualizado às 16h35

Peixarias estiveram entre os estabelecimentos visitados. (Foto: Glenda Gabi/PMCG)
Peixarias estiveram entre os estabelecimentos visitados. (Foto: Glenda Gabi/PMCG) - Peixarias estiveram entre os estabelecimentos visitados. (Foto: Glenda Gabi/PMCG)

Fiscalização realizada pela prefeitura no comércio de Campo Grande, para verificar se os lojistas estão seguindo os decretos de restrições de aglomeração por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), atingiu 487 estabelecimentos das 7 regiões urbanas na quinta-feira (9), véspera da Sexta-Feira Santa. Os trabalhos devem continuar ao longo do fim de semana, segundo antecipou o prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Na véspera do feriadão da Semana Santa, os trabalhos foram centralizados nos locais que vendem produtos relacionados à Páscoa –ovos de chocolate e peixes, por exemplo.

Salões de beleza, centros de estética, Camelódromo e a Feira Central, que apresentaram planos de biossegurança a fim de evitar ações que possam favorecer a disseminação do coronavírus, também foram fiscalizados. Nos trabalhos, estabelecimentos comerciais podem ser autuados, multados e serem alvos de processos administrativos que podem levar à cassação do alvará, caso desobedeçam orientações dos decretos –que incluem restrição no número de pessoas dentro das lojas e oferecimento de produtos de higienização, como álcool em gel, para os clientes, entre outros.

“Nossa intenção não é multar. Precisamos fazer cumprir a lei, realizando esse trabalho de fiscalização e orientação. Para que as medidas estabelecidas para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus sejam cumpridas”, disse Marquinhos na tarde de quinta-feira, durante live transmitida em redes sociais.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, reforçou pedidos de atenção aos empresários e à população em geral. “Pedimos a todos que se cuidem, mantenham o distanciamento, reforcem os cuidados com a higienização e se for necessário ir ao mercado que apenas um membro da família o faça. Precisamos cuidar da nossa saúde e da saúde da nossa família”, destacou ele.

Jornal Midiamax