Cotidiano

Feira Central adere a recomendação e fecha as portas pelos próximos 15 dias

A Feira Central, um dos pontos importantes da cidade, aderiu a recomendação da Prefeitura de Campo Grande e estará fechando as suas portas pelos próximos 15 dias, começando nesta quinta-feira (19). A medida é para evitar aglomerações e a disseminação do novo coronavírus, o Covid-19. A Afecetur (Associação da Feira Central, Cultural e Turística de […]

Vinícius Costa Publicado em 19/03/2020, às 17h21 - Atualizado em 20/03/2020, às 10h18

(Foto: Divulgação, Feira Central)
(Foto: Divulgação, Feira Central) - (Foto: Divulgação, Feira Central)

A Feira Central, um dos pontos importantes da cidade, aderiu a recomendação da Prefeitura de Campo Grande e estará fechando as suas portas pelos próximos 15 dias, começando nesta quinta-feira (19). A medida é para evitar aglomerações e a disseminação do novo coronavírus, o Covid-19.

A Afecetur (Associação da Feira Central, Cultural e Turística de Campo Grande) seguiu a recomendação da prefeitura que havia publicado um decreto na quarta-feira (18) declarando situação de emergência devido ao número de casos confirmados na cidade, atualmente com 8 casos.

“Além do cuidado com o público que frequenta a Feira, a administração também tem o objetivo de preservar a saúde dos empreendedores e da família deles”, disse em nota. A administração da feira voltará a discutir a possibilidade de reabertura da Feira Central após o prazo de 15 dias.

Shoppings e camelódromo fechados

Os três maiores shoppings de Campo Grande também seguiram a recomendação proposta pelo prefeito Marquinhos Trad e decidiram fechas as portas por cerca de 15 dias.

Quem também fechou foi o Camelódromo, que anunciou que a partir desta sexta-feira (20), o comércio estará inativo pelos próximos 9 dias.

Jornal Midiamax