Cotidiano

Evite beijos e abraços: risco do coronavírus dispara em MS e Defesa Civil emite alerta

A Defesa Civil de Mato Grosso do Sul emitiu, nesta quarta-feira (17), um alerta de risco para o coronavírus no estado e deu importantes orientações aos moradores sobre os cuidados. O órgão tem se empenhado durante a pandemia encaminhando mensagens de texto para os moradores para que fiquem atentos as medidas de biossegurança e consequentemente […]

Mariane Chianezi Publicado em 17/06/2020, às 10h21 - Atualizado às 15h27

Reprodução
Reprodução - Reprodução

A Defesa Civil de Mato Grosso do Sul emitiu, nesta quarta-feira (17), um alerta de risco para o coronavírus no estado e deu importantes orientações aos moradores sobre os cuidados.

O órgão tem se empenhado durante a pandemia encaminhando mensagens de texto para os moradores para que fiquem atentos as medidas de biossegurança e consequentemente evitarem o contágio pela doença.

A Defesa Civil tem recomendado que a população permaneça em casa e evitem bares, restaurantes, supermercados e padarias. Além de pedir que as pessoas reavaliem as necessidades quando precisarem sair de casa. “Siga as orientações das equipes de Saúde”, pede.

Nesta quarta-feira, a Defesa Civil pediu para que os sul-mato-grossenses evitem contato pessoal, como aperto de mão, beijos e abraços. “Desinfete celulares, outros objetos e superfícies que são tocadas com frequência”, disse em SMS.

MS com mais de 3,7 mil casos

Mato Grosso do Sul tem, atualmente, 3.785 casos de coronavírus confirmados segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde). Os números indicam que há quase 10 confirmações da doença por hora no Estado.

Conforme o boletim, MS já soma 23.934 notificações, das quais 17.683 foram descartadas. Há 1.234 amostras em análise pelo Lacen-MS (Laboratório Central de MS) e 1.232 casos que aguardam encerramento no sistema por parte dos municípios. Os 234 casos incrementam o total de confirmações em 6,6% e seguem caracterizando curva de crescimento exponencial em MS.

Jornal Midiamax