Cotidiano

Estado confirma mais 3 mortes por coronavírus em MS

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) anunciou na manhã deste domingo (14) o registro de mais três óbitos por coronavírus em Mato Grosso do Sul. Com a informação, o Estado já alcança 31 vítimas fatais da doença. A 29ª vítima é um idoso, de 80 anos, do município de Douradina, com nenhuma comorbidade relatada. […]

Renata Fontoura Publicado em 14/06/2020, às 09h12 - Atualizado às 09h14

 Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) anunciou na manhã deste domingo (14) o registro de mais três óbitos por coronavírus em Mato Grosso do Sul. Com a informação, o Estado já alcança 31 vítimas fatais da doença.

A 29ª vítima é um idoso, de 80 anos, do município de Douradina, com nenhuma comorbidade relatada. A vítima era do distrito de Bocajá e estava internado desde terça-feira (09). Após comparecer a uma unidade de saúde em Douradina com complicações, foi encaminhado imediatamente para uma UPA de Dourados. No local, foram realizados dois testes rápidos, que deram negativos para covid-19.

Após complicações na manhã deste último sábado (13), o paciente foi transferido ao Hospital Evangélico de Dourados, onde foram realizados outros exames, tendo constatado no teste rápido positivo ao coronavírus. Ele veio a óbito durante a tarde do mesmo dia.

A 30ª vítima é uma idosa, de 65 anos, de Dourados, e tinha hipertensão e diabetes. Já a 31ª vítima também é de Dourados, do sexo feminino, de 54 anos, tinha diabetes e doença cardiovascular crônica.

Com uma média de 9,8 casos por hora, Mato Grosso do Sul bateu novo recorde da pandemia neste sábado, com 234 novas confirmações de coronavírus em 24h. De acordo com a SES, o Estado já possui 3.235 pessoas infectadas e 31 óbitos.

Há oito óbitos em Campo Grande, cinco em Três Lagoas, dois em Batayporã, um em Paranaíba, um em Vicentina (também ocorrido no Estado de São Paulo), 6 em Dourados, sendo um douradense que morreu em Tocantins, dois óbitos de Brasilândia, dois em Itaporã, dois em Douradina, um em Iguatemi, um em Rio Brilhante, um em Sidrolândia, um em Ponta Porã e um em Corumbá.

Jornal Midiamax