Cotidiano

Estacionamento confunde clientes e acaba autuado pelo Procon

Devido a desorganização das informações e falta de detalhamento das condições de pagamento, um estacionamento, localizado na rua Santa Adélia, foi autuado pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor). Uma das irregularidades era que o estabelecimento oferecia formas de desconto mas não explicava as condições. Segundo a equipe da superintendência, cons...

Dândara Genelhú Publicado em 24/01/2020, às 11h27 - Atualizado às 17h02

Foto: Divulgação/ Procon-MS
Foto: Divulgação/ Procon-MS - Foto: Divulgação/ Procon-MS

Devido a desorganização das informações e falta de detalhamento das condições de pagamento, um estacionamento, localizado na rua Santa Adélia, foi autuado pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor). Uma das irregularidades era que o estabelecimento oferecia formas de desconto mas não explicava as condições.

Segundo a equipe da superintendência, consumidores ficavam confusos com as várias opções de validação do ticket de estacionamento.O local possui convênio com a Havan e assim disponibiliza algumas opções de desconto para os clientes.

A maior confusão era dada quando o cliente tentava utilizar uma das opções de promoção, que garantia estacionamento grátis na primeira hora para compras acima de 50 reais. A informação que não era explícita é: após as três horas, o cliente paga os seis reais completos, de mais outra hora completa.

Isso porque se o cliente ficar apenas menos de uma hora, após as primeiras três horas e com a quitação do valor das compras, deverá pagar integralmente o valor da hora completa, como se tivesse acabado de estacionar.

Jornal Midiamax