Cotidiano

Escola de Administração e Negócios da UFMS e USP firmam protocolo de intenções

A Escola de Administração e Negócios (Esan) da UFMS firmou um protocolo de intenções com a Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Esta parceria nasceu da relação já existente entre os pesquisadores de ambas as instituições, que resultou em pesquisas conjuntas de alto nível. “Já existe uma parceria […]

Diego Alves Publicado em 21/12/2020, às 23h54

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

A Escola de Administração e Negócios (Esan) da UFMS firmou um protocolo de intenções com a Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEA-USP).

Esta parceria nasceu da relação já existente entre os pesquisadores de ambas as instituições, que resultou em pesquisas conjuntas de alto nível. “Já existe uma parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UFMS e o Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da FEA-USP, com a participação da professora Silvia Pereira de Castro Casa Nova no corpo docente do programa da UFMS como professora externa. Também há participação de professores nossos em aulas e grupos de pesquisa da FEA”, conta Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo, professora da Esan.

De acordo com ela, este protocolo amplia as possibilidades de ação e sete diferentes oportunidades serão possíveis:

intercâmbio de docentes e pesquisadores;

elaboração conjunta de projetos de pesquisa, ensino e extensão;

organização conjunta de eventos científicos e culturais;

intercâmbio de informações e publicações acadêmicas;

intercâmbio de estudantes;

intercâmbio de membros da equipe técnico-administrativa;

cursos e disciplinas compartilhados.

“Tal ação promoverá uma maior proximidade entre as instituições e consequentemente seus alunos, docentes e pesquisadores, que trarão resultados frutíferos para ambas instituições”, afirma Márcia. “Outras parcerias entre programas de pós-graduação e graduação são possíveis a partir deste protocolo de intenções”. (Informações da assessoria)

Jornal Midiamax