Cotidiano

Empresária expõe indígenas para reclamar de academia fechada e gera indignação em MS

Uma postagem no perfil de uma academia a respeito do coronavírus gerou indignação em moradores de Dourados, a 225 km de Campo Grande. No post, a suposta dona do estabelecimento reclama de academia fechada e divulga foto de indígenas para falar sobre o coronavírus nas aldeias da cidade. A postagem causou revolta e internautas apontaram […]

Mylena Rocha Publicado em 15/07/2020, às 10h21 - Atualizado em 16/07/2020, às 08h10

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma postagem no perfil de uma academia a respeito do coronavírus gerou indignação em moradores de Dourados, a 225 km de Campo Grande. No post, a suposta dona do estabelecimento reclama de academia fechada e divulga foto de indígenas para falar sobre o coronavírus nas aldeias da cidade. A postagem causou revolta e internautas apontaram preconceito contra os indígenas. 

No post publicado no perfil, a suposta dona do estabelecimento reclama das normas que determinam o fechamento das academias devido à pandemia de Covid-19. “As academias são lugares de proliferação do Covid-19 e precisam estar fechadas para que as pessoas fiquem com suas imunidades bem baixas”, ironiza. 

Na foto, aparecem três indígenas andando na rua. “Porém, essas pessoas podem andar de bando sem máscara e se não me engano, a aldeia estava cheia de Covid-19”, diz. 

A postagem gerou um debate entre alguns moradores sobre o preconceito contra os povos indígenas. Moradores ressaltam que os indígenas vivem em condições precárias e são marginalizados. Além disso, o coronavírus não está presente somente nas aldeias, mas está espalhado em diversos bairros de Dourados. 

“A que ponto chega o racismo e o preconceito de pessoas da minha cidade contra os povos indígenas… ao ponto de externarem todo seu asco contra pessoas que, infelizmente, já se acostumaram a sofrer todo os níveis e tipos de preconceito desses monstros que se julgam melhores que os outros”, diz um morador.

Conforme o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura na terça-feira (14), Dourados tem 3.481 casos confirmados de coronavírus. Destes, 3.253 casos foram registrados no perímetro urbano do município, 59 casos estão nos distritos rurais, 168 casos são da reserva indígena federal, 36 casos são de outras localidades.

Jornal Midiamax