Em uma semana, MS registra três picos de contágio e chega a 143 casos de coronavírus

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou nesta sexta-feira (17) que são 143 os casos confirmados do coronavírus, o Covid-19, em Mato Grosso do Sul, com aumento para 20 pacientes de internados. Somente nesta semana, o Estado teve três picos de contaminação, com mais de dez casos detectados por dia, um alerta sobre a falta […]
| 17/04/2020
- 15:10
Em uma semana, MS registra três picos de contágio e chega a 143 casos de coronavírus
(Leonardo de França, Midiamax) - (Leonardo de França, Midiamax)

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou nesta sexta-feira (17) que são 143 os casos confirmados do coronavírus, o , em , com aumento para 20 pacientes de internados. Somente nesta semana, o Estado teve três picos de contaminação, com mais de dez casos detectados por dia, um alerta sobre a falta do cumprimento do isolamento social, segundo o secretário Geraldo Resende.

O Estado avança na transmissão comunitária, ou seja, quando o contágio não acontece mais apenas em contato com casos confirmados, no interior e aumenta para 17 as cidades com casos confirmados.

Dos 12 casos novos, três são de Campo Grande, incluindo uma criança de dois anos confirmada com coronavírus pelo drive-thru. Outras duas são de Mundo Novo, cidade que entra hoje como mais uma com casos confirmados no Estado, além de mais dois de Dourados e outros cinco em Três Lagoas.

Ao todo, são 1111 notificações, 28 casos suspeitos, 143 casos confirmados, 919 descartados, 21 excluídos e cinco mortes, em uma razão de 3,5% entre casos confirmados e mortes. No pico de transmissão, a razão chegou a 12% na Itália, por exemplo.

Em uma semana, MS registra três picos de contágio e chega a 143 casos de coronavírus
Casos confirmados nesta sexta em Mato Grosso do Sul (SES, MS)

Isolamento social

O secretário anunciou que mantém as medidas de recomendação de isolamento no Estado. Jaraguari, Ladário e Bela Vista lideram os melhores índices de pessoas que têm permanecido em casa. Jardim e Coxim estão entre os piores índices, com mais de 60% das pessoas circulando pelas ruas. O ideal é que 60% esteja em casa.

Mato Grosso do Sul segue na penúltima posição no isolamento social, perdendo apenas para o Tocantins. No entanto, o Estado registra apenas uma morte pela doença e 28 casos confirmados, contra 5 mortes e 143 casos confirmados em MS.

 

 

Veja também

Últimas notícias