Cotidiano

Em homenagem a Everton, família arrecada brinquedos em campanha de Natal

Para homenagear e protestar contra o assassinato de Everton Quebra de Oliveira, de 29 anos, a família criou uma ação de Natal de doações de brinquedos para crianças carentes. A ação, segundo a família, é em memória ao espírito caridoso que a vítima sempre teve, pois sempre participou de campanhas beneficentes. As arrecadações começam nesta […]

Carolina Rocha Publicado em 08/12/2020, às 14h12 - Atualizado às 15h14

Everton não resistiu aos ferimentos e morreu em unidade de saúde, levado pela esposa. Foto: Reprodução/ Facebook
Everton não resistiu aos ferimentos e morreu em unidade de saúde, levado pela esposa. Foto: Reprodução/ Facebook - Everton não resistiu aos ferimentos e morreu em unidade de saúde, levado pela esposa. Foto: Reprodução/ Facebook

Para homenagear e protestar contra o assassinato de Everton Quebra de Oliveira, de 29 anos, a família criou uma ação de Natal de doações de brinquedos para crianças carentes. A ação, segundo a família, é em memória ao espírito caridoso que a vítima sempre teve, pois sempre participou de campanhas beneficentes.

As arrecadações começam nesta terça-feira (8) e vão até dia 20 de dezembro. O local onde os brinquedos serão entregues ainda não foi definido, pois os participantes estão em busca de uma comunidade que realmente precise. A ação aceita qualquer tipo de brinquedo e o endereço de entrega é na Rua das Orquídeas, nº 189 ou 236.

Mesmo sabendo que nada trará o Everton de volta, ou que a tristeza será amenizada, família e amigos estão buscando formas de relembrar o jovem e também de chamar atenção para o caso dele.

Desde o assassinato, a família faz protestos em busca de Justiça, desta vez quiseram unir o protesto a uma ação que possa ajudar os outros, uma vez que Everton sempre participou de campanhas assim, ele até se vestia de Papai Noel para presentear crianças, revelam os parentes.

Para quem deseja doar e quer mais informações, pode entrar em contato com Thallya: (67) 99637-8291.

O caso

Everton foi esfaqueado na noite de domingo, 22 de novembro, em uma festa no Portal Caiobá. A vítima teria entrado em uma briga para defender uma jovem de 15 anos, que levou um tapa na cara de um homem. O jovem mais dois amigos foram defender, os três foram esfaqueados, e Everton não resistiu aos ferimentos.

O autor do crime se entregou, alegou legítima defesa e foi liberado.

Jornal Midiamax