Cotidiano

Em carta para Papai Noel, criança pede cama para não dormir no chão e ganha presente da polícia de MS

Durante a rotina de trabalho, policiais da 5ª Delegacia de Polícia foram surpreendidos com uma carta endereçada ao Papai Noel. Um garoto de seis anos pedia uma cama, pois dormia no chão. A equipe, então, fez uma vaquinha e entregou um colchão ao menino, neste sábado (19), no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande. Segundo […]

Karina Campos Publicado em 19/12/2020, às 17h16 - Atualizado em 20/12/2020, às 13h04

Dia foi de entrega de presentes na região. (Foto: Divulgação/PCMS)
Dia foi de entrega de presentes na região. (Foto: Divulgação/PCMS) - Dia foi de entrega de presentes na região. (Foto: Divulgação/PCMS)

Durante a rotina de trabalho, policiais da 5ª Delegacia de Polícia foram surpreendidos com uma carta endereçada ao Papai Noel.

Um garoto de seis anos pedia uma cama, pois dormia no chão. A equipe, então, fez uma vaquinha e entregou um colchão ao menino, neste sábado (19), no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

Segundo a investigadora Maria Campos, a recepção recebeu a carta e logo em seguida os investigadores se mobilizaram para realizar o desejo.

“Ele escreveu a cartinha e pediu para a mãe levar ele na delegacia. Ela achou estranho, mas ele disse ‘os policias vão levar minha carta para o Papai Noel’. A imagem que ele tinha é que a polícia tem poder para conversar com o Papai Noel. Nós nos tornamos hoje”, disse.

Ainda segundo Maria, o sorrido do garoto emocionou toda a equipe, que foi recebida com alegria pela família. “Ele disse ‘o Papai Noel trouxe minha cama’. A gente está com o coração muito feliz, pois arrancamos sorrisos hoje, mesmo em um ano difícil”, ressalta.

Além disso, as viaturas ficaram repleta de presentes e distribuídos para as crianças nas regiões.

Jornal Midiamax