Cotidiano

Em Campo Grande, cerca de 8,3 mil raios caíram durante tempestade

Durante forte chuva que atingiu Campo Grande na tarde de ontem (7), cerca de 8,3 mil raios caíram na cidade, segundo informou a Energisa, distribuidora de energia da Capital. A tempestade veio acompanhada por também por forte rajadas de vento que chegou a derrubar árvores. Conforme a empresa, em Mato Grosso do Sul foram registradas […]

Fábio Oruê Publicado em 08/10/2020, às 15h31

(Imagem: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)
(Imagem: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax) - (Imagem: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

Durante forte chuva que atingiu Campo Grande na tarde de ontem (7), cerca de 8,3 mil raios caíram na cidade, segundo informou a Energisa, distribuidora de energia da Capital. A tempestade veio acompanhada por também por forte rajadas de vento que chegou a derrubar árvores.

Conforme a empresa, em Mato Grosso do Sul foram registradas aproximadamente 41 mil descargas elétricas na quarta-feira. A concessionária informou que as quedas de árvores e descargas atmosféricas foram as principais causas das falhas na interrupção da energia elétrica em 25 bairros da Capital.

O número de equipes da concessionária aumentou em 300% no atendimento em campo.

Ainda hoje (8), as ocorrências pontuais que estão em atendimento terão o fornecimento normalizado com a conclusão dos reparos e dos estragos na rede.

As equipes estão trabalhando para garantir o restabelecimento da energia nas unidades consumidoras atingidas. A maioria das ocorrências envolveram objetos lançados à rede pelos fortes ventos, como galhos e árvores. Nesses casos, os reparos são de maior complexidade e devem obedecer a protocolos rígidos de segurança.

Como a energia não produz cheiro e não é visível, a empresa alerta a população para não se aproximar de cabos ou postes com fiação elétrica caídos ao chão, pois podem representar riscos à segurança.

Nestes casos, a orientação é entrar em contato com a empresa imediatamente pelo 0800 722 7272, pelos canais digitais de atendimento (Gisa pelo número 67 9980-0698 e app Energisa ON) ou site e, isolar a área para que outras pessoas também não se aproximem.

Para situações críticas como essa, a Energisa possui tecnologia para identificar os locais de caráter essencial e prioritário como hospitais, postos de saúde, captação de água, UTI´s domiciliares, entre outros.

Jornal Midiamax