Cotidiano

Em 8 horas de chuva intensa, 206 raios caíram em Campo Grande

Após um período de intenso calor, principalmente em Campo Grande, a tão esperada chuva voltou. O tempo deu uma refrescada quando começaram as pancadas por volta das 23h30 de terça-feira (21) em algumas regiões da cidade, porém o acumulado de água veio acompanhado de muitos raios. Só na capital, de acordo com o meteorologista Natalio […]

Ana Palma Publicado em 22/01/2020, às 08h59 - Atualizado às 11h45

Arquivo Midiamax
Arquivo Midiamax - Arquivo Midiamax

Após um período de intenso calor, principalmente em Campo Grande, a tão esperada chuva voltou. O tempo deu uma refrescada quando começaram as pancadas por volta das 23h30 de terça-feira (21) em algumas regiões da cidade, porém o acumulado de água veio acompanhado de muitos raios. Só na capital, de acordo com o meteorologista Natalio Abraão, da Uniderp, foram 206 descargas elétricas.

As chuvas intensas somaram, até o momento, 72 milímetros em Maracaju. Em Ponta Porã o acumulado já chegou a 64, 4 mm; Jardim 47,8 mm; Caarapó 45,6 mm; Dois Irmãos do Buriti foram 42 mm. Em Campo Grande já foram registrados 39,4 mm de água.

O tempo permanece nublado e ainda há chances de cair mais água do céu durante o resto do dia e não só para a Capital, mas em diversas outras regiões do estado que podem vir acompanhadas de trovoadas.

A Defesa Civil dá algumas dicas para se proteger em dias chuvosos. Se estiver em casa ou no apartamento, a recomendação é de nunca consertar o telhado durante uma chuva. Outras dicas são: desligar aparelhos elétricos e verificar galhos muito próximos a fiação ou em estado de putrefação. Caso haja, providenciar a poda preventiva com profissional ou empresa capacitada. Também é recomendado verificar calhas a fim de evitar entupimentos nas saídas de água da residência. Nos condomínios onde há para-raios, verificar se está de acordo com as normas de segurança.

Se estiver em via pública, e notar que a água ultrapassou o meio fio, a orientação é fazer o desvio. Não é seguro avançar em áreas alagadas, pois há risco de cair em bueiros ou furar o pneu do veículo. Na Capital, por exemplo, que possui muitos córregos, pode ocorrer enxurradas fortes.

Em caso de chuvas de granizo, é importante buscar abrigo seguro. Se estiver dentro do veículo, procurar lugar seguro, de preferência longe de árvores. Também é importante evitar estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Para se cadastrar e receber os alertas emitidos pela Defesa Civil no celular, basta enviar um SMS com o seu CEP para o número 40199. O serviço é gratuito e visa prevenir a população para ocorrência de acidentes e desastres naturais.

Jornal Midiamax