Cotidiano

Em 5 hospitais, taxa de ocupação de leitos UTI está em 92,7% em Campo Grande

A taxa de ocupação de leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ficou em 92,7% em Campo Grande nesta sexta-feira de Natal. Seis hospitais informaram possuir 262 leitos, sendo que havia 243 pacientes internados. O HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), considerado referência no tratamento da Covid-19 no Estado está com ocupação máxima desde […]

Gabriel Maymone Publicado em 26/12/2020, às 08h52 - Atualizado às 09h01

HRMS é referência no atendimento a pacientes com Covid-19. (Divulgação)
HRMS é referência no atendimento a pacientes com Covid-19. (Divulgação) - HRMS é referência no atendimento a pacientes com Covid-19. (Divulgação)

A taxa de ocupação de leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ficou em 92,7% em Campo Grande nesta sexta-feira de Natal. Seis hospitais informaram possuir 262 leitos, sendo que havia 243 pacientes internados.

O HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), considerado referência no tratamento da Covid-19 no Estado está com ocupação máxima desde o dia 23 de novembro. Nesta sexta-feira (25), o boletim emitido pelo hospital informava 119 pacientes críticos para 118 leitos UTI.

Conforme o Painel Mais Saúde, mantido pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), o Hospital da Cassems informou estar com 54 dos 56 leitos UTI ocupados, sendo 40 pacientes com Covid-19.

Já no Hospital da Unimed, conforme o painel, restam 11 vagas dos 50 leitos UTI do hospital. Desses, 30 são pacientes com coronavírus.

Apesar de não receberem pacientes com a doença, a Maternidade Cândido Mariano está com todos os 20 leitos UTI ocupados. Já o Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian) tem 11 pacientes graves para 18 leitos críticos.

Jornal Midiamax