Cotidiano

Ecopontos de Campo Grande receberam mais de 10 mil toneladas de lixo neste ano

Os ecopontos de Campo Grande receberam cerca de 218% a mais de coleta de lixo em 2020, quando comparada ao ano passado. De janeiro a novembro deste ano, mais de 10.380 toneladas de resíduos foram deixados nos pontos de reciclagem. Conforme o balanço da prefeitura municipal, no ano passado, foram recebidos nas cinco unidades cerca […]

Karina Campos Publicado em 10/12/2020, às 17h25

(Foto: Arquivo Midiamax)
(Foto: Arquivo Midiamax) - (Foto: Arquivo Midiamax)

Os ecopontos de Campo Grande receberam cerca de 218% a mais de coleta de lixo em 2020, quando comparada ao ano passado. De janeiro a novembro deste ano, mais de 10.380 toneladas de resíduos foram deixados nos pontos de reciclagem.

Conforme o balanço da prefeitura municipal, no ano passado, foram recebidos nas cinco unidades cerca de 4.754 toneladas de resíduos. Este ano ainda foram instalados mais três ecopontos: em fevereiro foi entregue no bairro Nova Lima, em junho o União e em agosto o nas Moreninhas.

“Ao falarmos de meio ambiente, de saúde pública, temos que pontuar como regra na conversa os resíduos, um fator muito importante que necessita de gestão e, aqui em Campo Grande, nós estamos conseguindo fazer isso através dos Ecopontos, realizando a destinação correta e adequada para cada um dos resíduos lá depositados”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa.

O descarte é feito de forma gratuita, onde os moradores podem descartar resíduos pequenos de até 1 metro cúbico por pessoa e por dia. Além das unidades, a cidade tem locais parceiros para descarte gratuito de resíduos como eletrônicos, embalagens, materiais de construção e óleos. Porém, cada local recebe um tipo de lixo específico, saiba onde ficam e o que recebe cada ponto de descarte.

As unidades não recebem: materiais classificados como resíduos domiciliar; resíduos de saúde como seringas, medicamentos, frascos de medicamento, entre outros; resíduos perigosos como o amianto, pilhas, baterias, lâmpadas, tintas, solventes, tonner; e resíduos industriais como vidro automotivo, lã de vidro, lã de rocha

Confira onde os locais estão instalados e quais matérias podem ser descartados em cada ecoponto clicando aqui.

Jornal Midiamax