Cotidiano

Durante pandemia, Hemosul convoca urgência para doadores de sangue O+ e O-

O estoque de sangue O+ e O- já estava reduzido em 50%, nesta quarta-feira (18), com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a situação está ainda mais crítica no Hemosul (Hemocentro Coordenador de Mato Grosso do Sul). A unidade é responsável pelo abastecimento de sangue de hospitais públicos e privados do Estado. Conforme a coordenadora […]

Karina Campos Publicado em 18/03/2020, às 14h52 - Atualizado às 15h33

Estoques entraram em estado de emergência(Foto: Divulgação)
Estoques entraram em estado de emergência(Foto: Divulgação) - Estoques entraram em estado de emergência(Foto: Divulgação)

O estoque de sangue O+ e O- já estava reduzido em 50%, nesta quarta-feira (18), com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a situação está ainda mais crítica no Hemosul (Hemocentro Coordenador de Mato Grosso do Sul). A unidade é responsável pelo abastecimento de sangue de hospitais públicos e privados do Estado.

Conforme a coordenadora geral do hemocentro, Marli Vavas, continua baixa a doação de sangue, inclusive para outros tipos sanguíneos. Para regularizar a situação e amenizar o pânico, a unidade está tomando medidas preventivas contra o coronavírus.

“Nós estamos propondo agendar o doador para evitar aglomeração. Estamos fazendo a desinfecção de todo material que tem contato com o doador como mesa, caneta, balcão, e etc, aumentando os espaços entre as cadeiras de coleta. Estamos redobrando os cuidados que já tínhamos. Ele pode ligar e perguntar como está o atendimento, se tiver pouca gente, ele pode vir sem agendar”, explica.

A doação pode ser feita para pessoas de 16 a 69, com a preocupação ao Covid-19, o hemocentro está fazendo uma triagem com pessoas que apresentaram ou tiveram contato com alguém que tenha tido febre, gripe, coriza, ou outro sintoma da doença. Além de ter viajado para algum lugar de risco.

Quem pode doar

Para doar sangue é preciso seguir algumas regras: estar munido com documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou de motorista.

Os doadores precisam ter de 16 a 69 anos. Há uma ressalva para quem tem 16 e 17 anos: o menor de idade tem que estar acompanhado de pai ou mãe ou responsável legal, ou então, pode retirar na unidade de doação um modelo de declaração (também disponível no site), levar para mãe, pai ou responsável legal assinar e aí reconhecer firma desta assinatura. Se o menor de idade for emancipado pode ir sozinho ao Hemosul e apresentar o documento de emancipação. Se for casado, levar a certidão de casamento que já é suficiente para a liberação.

Embora a lei permita a doação de pessoas abaixo de 50 quilos, a Rede Hemosul reserva-se o direito de aceitar apenas doadores com 55 kg ou mais, para a melhor utilização do sangue coletado e segurança do doador.

O doador deve estar bem alimentado para doar sangue. Não se pode doar sangue em jejum. Mas deve-se evitar alimentos com excesso de gordura quando for realizar a doação. É recomendado alimentação saudável.

Telefone para agendar ou tirar informações é o 3312-1500

Jornal Midiamax