Cotidiano

Durante isolamento social, mortes no trânsito reduzem em 80% na Capital, aponta Detran

O Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) publicou hoje (29) o levantamento do mês de março do ano e, apontou redução de 80% em mortes no trânsito de Campo Grande, comparado ao mesmo período do ano passado. Uma das consequências do isolamento social, por conta da pandemia de coronavírus (Covid-19).  Conforme os dados […]

Karina Campos Publicado em 29/04/2020, às 17h03 - Atualizado às 17h19

(Leonardo França, Midiamax)
(Leonardo França, Midiamax) - (Leonardo França, Midiamax)

O Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) publicou hoje (29) o levantamento do mês de março do ano e, apontou redução de 80% em mortes no trânsito de Campo Grande, comparado ao mesmo período do ano passado. Uma das consequências do isolamento social, por conta da pandemia de coronavírus (Covid-19).

Conforme os dados do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito, em 2019 foram registrados cerca de 3.294 acidentes de trânsito na Capital, quanto no trimestre deste ano foram 2.163. O diretor-presidente do departamento, Rudel Trindade, afirmou que o cenário se deve ao isolamento social. 

“Claro que é um número bastante representativo para nós, embora seja reflexo de um momento delicado com a propagação desse vírus, que vem assombrando o mundo inteiro. No entanto, creio que seja também um momento de muita reflexão para todos nós, principalmente enquanto condutores”.

Além disso, em março deste ano foram registradas apenas duas mortes, enquanto no ano passado foram de 10 casos com vítimas fatais. “Com as pessoas socialmente isoladas em casa, pudemos chegar a esse número bastante significativo. Talvez seja esse o momento de pensarmos em quantos leitos de hospital ficaram vagos, prontos até para receber pacientes do Covid-19, por conta na queda do número de feridos no trânsito, que também é considerado um tipo de pandemia”, finaliza Rudel. 

Jornal Midiamax