Cotidiano

Dois homens são multados em Bonito por escavar poço artesiano sem licença ambiental

A Polícia Militar Ambiental de Bonito, município distante 297 quilômetros de Campo Grande, autuou em R$ 7 mil o dono de um terreno e de empresa de perfuração, por escavação de poço artesiano sem licença ambiental adequada para o ato. Tudo aconteceu durante fiscalização no perímetro urbano do município. Os policiais localizaram uma atividade de […]

Carolina Rocha Publicado em 22/12/2020, às 14h33 - Atualizado às 15h05

Foto: PMA de Bonito
Foto: PMA de Bonito - Foto: PMA de Bonito

A Polícia Militar Ambiental de Bonito, município distante 297 quilômetros de Campo Grande, autuou em R$ 7 mil o dono de um terreno e de empresa de perfuração, por escavação de poço artesiano sem licença ambiental adequada para o ato.

Tudo aconteceu durante fiscalização no perímetro urbano do município. Os policiais localizaram uma atividade de escavação, que funcionava sem licença ambiental. O poço estava sendo escavado nesta segunda-feira (21), em um terreno sem construção.

Quando a equipe da PMA chegou no local, a atividade foi interditada e foram apreendidos um caminhão e a perfuradora de poço que estava sobre a carroceria de um veículo.

Por não ter autorização legal, o proprietário do terreno, que é residente em Bonito e o empresário, residente em Jardim, foram autuados administrativamente e multados respectivamente em R$ 5 mil e R$ 2 mil, pois no local, funcionava potencialmente poluidora. Eles também terão que responder por crime ambiental, com pena prevista de três a seis meses de detenção.

Jornal Midiamax