Cotidiano

Confira as funções de uma motobomba na agricultura, indústria e residências

Se a água não está chegando na caixa, uma motobomba pode solucionar este problema. Pode ser usada para transferir a água.

Produção Publicado em 05/10/2020, às 14h10

None

O clima seco e as estiagens prolongadas agravam os problemas de desabastecimento que algumas cidades. Se a água não está chegando na caixa, uma motobomba pode solucionar este problema. Pode ser usada para transferir a água de um local para outro. São amplamente utilizadas na agricultura, mas também atende o uso doméstico, colaborando no abastecimento de uma casa ou propriedade, prédios e até indústrias.

A maioria das bombas de água funciona por meio da energia elétrica.  É importante ficar atento as quedas de energia. Quando isso acontece, a maioria das motobombas não volta a funcionar sozinha.  Quando a energia voltar, você precisa desligar e ligar novamente. Mas se onde você mora tem instabilidade na rede elétrica, a dica é investir em um gerador de energia. Consulte o preço de motobombas antes finalizar a compra. Há vários modelos no mercado de venda online.

Se você precisa de um equipamento para profundidade de até 8 metros a motobomba ideal é a periférica. A instalação é feita acima do nível do solo. Mesmo sendo mais barata, é bastante usada para transferir água limpa de cisternas, rios e reservatórios. Esse modelo é usado também no abastecimento de residências, indústrias e em pequenas irrigações.

Já motobomba de água centrífuga tem uma vazão e menor pressão que uma bomba periférica. Não deve ser usada em profundidade superior a oito metros. Esse modelo é ideal para bombear líquidos no saneamento básico, na irrigação de plantações, em edifícios residenciais e na indústria.

A motobomba de autoaspirante retira automaticamente o ar de dentro do corpo da bomba. Um sistema interno que se utiliza do vácuo para retirada total do ar, dispensando a válvula de fundo de poço. Esse modelo tem um reservatório que mesmo após o desligamento do equipamento se mantém com água. Além de garantir um melhor funcionamento do equipamento, possibilita uma maior vida útil.

Jornal Midiamax