Cotidiano

Com rotina voltando, TJMS aponta aumento no número de prisões em flagrante

Segundo o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), com a flexibilização das medidas de enfrentamento do Covid-19, o novo coronavírus, houve aumento do número de prisões em flagrante. Segundo o órgão, na primeira semana de quarentena foram registradas 29 audiências de custódia e nesta segunda-feira (06) foram 23 autos de prisão analisados. […]

Dândara Genelhú Publicado em 06/04/2020, às 18h03

Tribunal de Justiça, em Campo Grande. (Divulgação)
Tribunal de Justiça, em Campo Grande. (Divulgação) - Tribunal de Justiça, em Campo Grande. (Divulgação)

Segundo o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), com a flexibilização das medidas de enfrentamento do Covid-19, o novo coronavírus, houve aumento do número de prisões em flagrante. Segundo o órgão, na primeira semana de quarentena foram registradas 29 audiências de custódia e nesta segunda-feira (06) foram 23 autos de prisão analisados.

De acordo com o TJ, na primeira segunda-feira do mês, em 9 de março, foram realizadas 13 audiências. Na semana seguinte, em 16 de março, foram 15 audiências. Já durante a quarentena, na primeira segunda-feira (23), foram realizadas sete prisões em flagrante e no dia 30 de março foram apenas 10 autos de prisão em flagrante.

Com os 22 autos desta segunda-feira (06), houve um crescimento de 170% nos registros, em relação às duas semanas de quarentena. Mesmo quando comparado aos 15 dias que antecederam os decretos municipais, é possível notar um aumento de 64% no número de prisões durante um final de semana.

Jornal Midiamax