Cotidiano

Com morte de médico, Dourados chega a 36 óbitos por coronavírus e MS a 123

Dirceu Ferreira Guimarães, de 82 anos, um dos sócios do antigo Hospital das Clínicas Santa Helena,  em Nova Andradina, morreu na madrugada desta segunda-feira (6), diagnosticado com Covid-19, na cidade de Dourados. Ele estava internado  no HU-UFGD (Hospital da Universidade Federal da Grande Dourados) e atualmente estava residindo na cidade. Guimarães primeiramente deu entrada in...

Marcos Morandi Publicado em 06/07/2020, às 11h51 - Atualizado às 12h37

Foto: Marcos Morandi | Midiamax
Foto: Marcos Morandi | Midiamax - Foto: Marcos Morandi | Midiamax

Dirceu Ferreira Guimarães, de 82 anos, um dos sócios do antigo Hospital das Clínicas Santa Helena,  em Nova Andradina, morreu na madrugada desta segunda-feira (6), diagnosticado com Covid-19, na cidade de Dourados. Ele estava internado  no HU-UFGD (Hospital da Universidade Federal da Grande Dourados) e atualmente estava residindo na cidade.

Guimarães primeiramente deu entrada infartado no Hospital da Vida e foi testado positivo para o novo coronavírus no dia 8 de junho. Posteriormente foi transferido para o Hospital Universitário, com a circulação sanguínea ruim, onde acabou falecendo às 3h da madrugada desta segunda-feira (6), conforme informações médicas.

A morte do médico foi confirmada na manhã desta segunda-feira (5), pelo Comitê de Gerenciamento de Crise do Coronavírus em Dourados. Segundo Boletim Epidemiológico divulgado, a cidade já registra 36 óbitos pela doença.

Os números divulgados pelo Comitê, também mostram que Dourados está com 3.020 casos confirmados de coronavírus. Desse total, 1.601 pessoas foram recuperados, 1.357 continuam em isolamento domiciliar e 42 estão internadas em leitos hospitalares.

Jornal Midiamax