Cotidiano

Com investimento de R$ 1,2 Milhão, Santa Casa de Corumbá entrega CTI para pacientes com coronavírus

No último sábado (22), a Santa casa de Corumbá finalizou a reforma da ala específica, ativando o novo CTI (Centro de Terapia Intensiva) com 18 leitos.  Somando aos 37 leitos de retaguarda, o hospital tem ao todo  55 leitos exclusivos para pacientes com coronavírus, conforme o site Diário Corumbaense. As obras dos setores , B-2 […]

Ranziel Oliveira Publicado em 23/08/2020, às 15h18 - Atualizado às 16h54

(Foto:Divulgação)
(Foto:Divulgação) - (Foto:Divulgação)

No último sábado (22), a Santa casa de Corumbá finalizou a reforma da ala específica, ativando o novo CTI (Centro de Terapia Intensiva) com 18 leitos.  Somando aos 37 leitos de retaguarda, o hospital tem ao todo  55 leitos exclusivos para pacientes com coronavírus, conforme o site Diário Corumbaense.

As obras dos setores , B-2 e B-7, especializados em Covid-19,  custaram cerca de R$ 1.200.000,00. Além disso, a rede de canalização do oxigênio para esses setores foi ampliada, custando o valor de R$ 189 mil doados pelo Tribunal de Justiça do Estado.

Com o funcionamento da nova UTI (Unidade de Terapia Intensiva), serão também reativados mais 20 leitos clínicos e cirúrgicos para outras patologias no setor B-4, onde funcionava a UTI Covid-19 provisória.

“O prédio é centenário e esta parte tinha inúmeros problemas estruturais, tudo foi refeito, desde a rede elétrica, hidráulica, até a laje. Foi uma grande reforma, aumentamos a capacidade da usina da rede de gases. Também compramos diversos materiais permanentes, como camas, colchão, suporte para soro, e 20 monitores multiparâmetro, todos os equipamentos que um CTI precisa”, disse o presidente da Junta Interventora da Santa Casa, Eduardo Iunes.

“A saúde trabalha em rede, hoje temos 55 leitos covid, uma grande conquista, fruto de união e trabalho em conjunto. O hospital não tinha uma reforma desta proporção há muitos anos. Com a entrega dessa nova estrutura, os profissionais terão melhores condições de trabalho, e os pacientes, melhor assistência”, destacou o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite.

Jornal Midiamax