Cotidiano

Com chuva de 78 milímetros, nível do Rio Paraguai caminha para normalidade, aponta boletim

As chuvas desta terça-feira (18), somaram 78,5 milímetros no Rio Paraguai, que mesmo que a passos lentos, caminha para normalidade, conforme o boletim hídrico da Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul). De acordo com o monitoramento, o rio iniciou a semana com 5 centímetros, após sair do nível negativo no fim […]

Karina Campos Publicado em 18/11/2020, às 13h55

(Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense).
(Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense). - (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense).

As chuvas desta terça-feira (18), somaram 78,5 milímetros no Rio Paraguai, que mesmo que a passos lentos, caminha para normalidade, conforme o boletim hídrico da Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o monitoramento, o rio iniciou a semana com 5 centímetros, após sair do nível negativo no fim de semana, depois de um longo período de estiagem e seca no Estado. Nesta quarta-feira (18), a água sobe para 7 centímetros, em Ladário, -51 em Porto Esperança, e 154 em Porto Murtinho.

Os pontos ainda estavam abaixo do normal da cota de permanência de 95%. As estações do Rio Aquidauana e Miranda já estão em nivelamento normal para o período do ano. Recentemente, as chuvas constantes nas cidades alertaram os moradores para possível enchente.

Segundo o prognóstico do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), as áreas de instabilidade com potencial de chuva continuam atuando no Estado até o dia 19 de novembro, com acumulado de máximo de 30 milímetros. A região do bolsão pantaneiro será uma que mais tem expectativa de tempestades consideráveis no período.

“Numericamente, os acumulados não são expressivos, porém, é sempre recomendável a população tomar atenção com as possíveis condições adversas que podem ocorrer localmente como chuvas intensas, ventos fortes, raios e granizo. Abaixo segue as recomendações em caso de evento adverso”, alerta a previsão.

Jornal Midiamax