Cotidiano

Com baixa demanda, polo de atendimento do coronavírus no Ayrton Senna será desativado

Campo Grande passa por uma queda no número de internações de pacientes com coronavírus e também houve uma redução na procura de pacientes com sintomas de Covid-19 nos postos de saúde. Diante da baixa demanda, o polo de atendimento no Parque Ayrton Senna deve ser desativado até o fim do mês. O secretário José Mauro […]

Mylena Rocha Publicado em 18/09/2020, às 10h37 - Atualizado às 14h11

 (Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação) - (Imagem: Divulgação)

Campo Grande passa por uma queda no número de internações de pacientes com coronavírus e também houve uma redução na procura de pacientes com sintomas de Covid-19 nos postos de saúde. Diante da baixa demanda, o polo de atendimento no Parque Ayrton Senna deve ser desativado até o fim do mês.

O secretário José Mauro Filho comentou nesta sexta-feira (18) que houve uma redução na procura e os atendimentos podem ser feitos nos postos de saúde.

“A procura de atendimento de pacientes com sintomas respiratórios está diminuindo, por isso decidimos pelo fechamento do Polo do Ayrton Senna para o dia 30. O número de procedimentos e consultas não justifica mais manter aquele espaço. Os atendimentos serão redirecionados para as UPAs (Unidade de Pronto Atendimento)”, explica.

O polo de atendimento do Ayrton Senna foi aberto ainda no mês de março, no início da pandemia em Campo Grande. O local funciona como um centro de triagem, que vai selecionar os pacientes para o atendimento e, se for necessário, encaminhá-los a hospitais.

Jornal Midiamax