Com 5° maior número desde 2012, MS registra mais de 24 mil notificações da dengue

O número de notificações por parte da dengue segue aumentando em Mato Grosso do Sul. Com a nova atualização dos dados divulgados nesta quinta-feira (5) através do boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), o Estado que já assumiu o quinto maior número desde 2012, registra 24.416 notificações. O número supera os anos […]
| 05/03/2020
- 20:25
Mosquitos com a bactéria serão soltos em sete bairros. Foto: Joao Paulo Burini/Getty Images
Mosquitos com a bactéria serão soltos em sete bairros. Foto: Joao Paulo Burini/Getty Images - Mosquitos com a bactéria serão soltos em sete bairros. Foto: Joao Paulo Burini/Getty Images

O número de notificações por parte da segue aumentando em Mato Grosso do Sul. Com a nova atualização dos dados divulgados nesta quinta-feira (5) através do da SES (Secretaria de Estado de Saúde), o Estado que já assumiu o quinto maior número desde 2012, registra 24.416 notificações.

O número supera os anos de 2012 que havia registrado 17.849, assim como 2014 com 9.626, 2017 com 7.276 e 2018 que registrou 10.765 notificações da doença. O ano de 2020 só perde para os anos de 2013, 2015, 2016 e 2019 que registraram 99.748, 48.584, 65.505 e 82.090, respectivamente.

No boletim, os casos confirmados saltaram de 6.559 para 8.162. A cidade de Campo Grande segue liderando o ranking com 3.030 casos confirmados, seguido por Três Lagoas (1.007), Chapadão do Sul (330), Brasilândia (270) e Sonora (238).

O número de mortes não sofreu alteração após a atualização e segue com 13 óbitos registrados nas cidades de (2), Sete Quedas (1), Campo Grande (4), Cassilândia (1), Pedro Gomes (1), Nova Andradina (1), Caarapó (1), São Gabriel do Oeste (1) e Bodoquena (1).

Veja também

Produtos ficaram mais caros por conta da pandemia e guerra na Ucrânia.

Últimas notícias