Cotidiano

Com 1.076 novos infectados, MS tem 119 mil casos e chega a 2 mil mortes por coronavírus

Mato Grosso do Sul já soma 119.079 casos confirmados de Covid-19, com 1.076 novos registros nesta sexta-feira (18). Foram registradas mais 16 mortes, conforme o boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Com base nos números, a média móvel no Estado foi calculada em 1.106,3 casos por dia, […]

Mylena Rocha Publicado em 18/12/2020, às 11h20 - Atualizado às 15h41

(Foto: Arquivo Midiamax/ Henrique Arakaki)
(Foto: Arquivo Midiamax/ Henrique Arakaki) - (Foto: Arquivo Midiamax/ Henrique Arakaki)

Mato Grosso do Sul já soma 119.079 casos confirmados de Covid-19, com 1.076 novos registros nesta sexta-feira (18). Foram registradas mais 16 mortes, conforme o boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Com base nos números, a média móvel no Estado foi calculada em 1.106,3 casos por dia, nos últimos 7 dias. O boletim traz que nas últimas 24 horas foram registrados 16 óbitos, elevando o total de vítimas fatais em MS para 2.009 e a média móvel em 16 óbitos por dia, nos últimos 7 dias. 

Foram registrados óbitos em Campo Grande (9), Rio Verde de Mato Grosso (2), Angélica (1), Jardim (1), Fátima do Sul (1), Paranaíba (1) e Corumbá (1). 

Mais uma vez, o secretário Geraldo Resende citou o momento crítico da pandemia em Mato Grosso do Sul. Com o aumento no número de internações, faltam leitos e MS tem outro problema: a falta de profissionais de saúde.

“Não temos recursos humanos, faltam médicos, enfermeiros, fisioterapeutas. Temos processo de contratação temporária, de 60 vagas aparecem 40, destes alguns desistem ao longo da jornada exaustiva”, comentou. 

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 432.260 casos notificados, dos quais 302.782 foram descartados. Há 3.812 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 6.587 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos de hoje trazem Campo Grande à frente, com 355 novos casos, seguida por Dourados (92), Amambai (62), Maracaju (57), Corumbá (53), Três Lagoas (38), Chapadão do Sul (32), dentre outros. Confira a tabela na galeria abaixo para mais detalhes e demais localidades.

Internações e taxas de ocupação de leitos

Dos 119.079 casos confirmados em MS, 102.309 já estão recuperados. Em relação às internações, MS tem 648 pacientes internados. Destes 339 estão em leitos clínicos (195 públicos e 144 privados) e 309 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 210 estão em leitos públicos e 99 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 113% em Campo Grande, 84% em Dourados, 63% em Três Lagoas e 75% em Corumbá. A SES explica que os 13% acima da capacidade em Campo Grande representam pacientes em leitos de covid ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde.

A taxa de contágio está calculada em 1,13 – a meta da SES é alcançar uma taxa menor que 1, que significa controle da doença. A secretária adjunta Christinne Maymone reforçou que evitar aglomerações é a principal maneira de vencer o vírus. 

“Não podemos ter aglomeração, é a nossa vilã principal, não podemos expor nossa vida com aglomeração. É muito importante que você compreenda isso neste momento.

Jornal Midiamax