Com 3.399 casos confirmados de coronavírus e 43 óbitos provocados pela doença em Dourados, maior cidade do interior, a administração municipal  decidiu prorrogar até a próxima sexta-feira (17) o atual decreto que prevê o funcionamento do comércio no período da tarde e que suspende a abertura de igrejas e templos religiosos. As informações foram publicadas neste domingo nas redes sociais do Município e também em edição extra do Diário Oficial.

Segundo a Prefeitura de Dourados e conforme o decreto, que vigora até a próxima sexta-feira, dia 17, fica mantido o horário estabelecido para o comércio, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h15, e aos sábados, das 9h às 15h15.

No shopping Center, de segunda a sexta-feira, as lojas funcionam das 11h às 19h e a praça de alimentação das 11h às 20h e não estão proibida abrir aos domingos. Além disso, mercados e atacados poderão abrir de segunda a sábado, das 7h30 às 20h, e aos domingos, das 8h às 12h.

Continua suspenso o funcionamento de igrejas e templos religiosos e fica mantido a obrigatoriedade de implementação de medidas de biossegurança nos estabelecimentos.

No caso das igrejas, a suspensão não afeta a continuidade de serviços sociais, como distribuição de alimentos e campanhas do agasalho, contudo, a prestação desses serviços deverá ser oficiada na Secretaria Municipal de Assistência Social.

Já os hotéis devem funcionar com 50% da capacidade de público. O decreto tem início nesta segunda, dia 13, e segue até sexta-feira, dia 17.