Cotidiano

Casa Verde e Amarela: Trabalhadores poderão financiar imóveis de até R$ 85 mil com FGTS

Trabalhadores têm a oportunidade de financiar imóveis de até R$ 85 mil utilizando os recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A medida tem como objetivo diminuir o déficit habitacional, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país. O novo programa de habitação popular, “Casa Verde e Amarela”, ampliou de R$ 74 […]

Mylena Rocha Publicado em 11/11/2020, às 09h31

Foto Ilustrativa: Ministério das Cidades
Foto Ilustrativa: Ministério das Cidades - Foto Ilustrativa: Ministério das Cidades

Trabalhadores têm a oportunidade de financiar imóveis de até R$ 85 mil utilizando os recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A medida tem como objetivo diminuir o déficit habitacional, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país. O novo programa de habitação popular, “Casa Verde e Amarela”, ampliou de R$ 74 mil para R$ 85 mil o valor para uso do FGTS  a medida vale para cidades pequenas, com até 50 mil habitantes. 

O secretário-adjunto da Secretaria Executiva do Ministério do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, explica que a medida é para todo o Brasil, mas tem foco no Norte e Nordeste. “O Norte e o Nordeste têm 40,3% dos municípios brasileiros e 88% desses municípios têm população abaixo de 100 mil habitantes”, disse. 

O programa Casa Verde e Amarela foi lançado no mês de agosto pelo presidente Jair Bolsonaro e deve substituir o Minha Casa Minha Vida. O novo programa conta com três faixas de financiamento: grupo 1 (renda de até R$ 2 mil), grupo 2 (renda de R$ 2 mil a R$ 4 mil) e grupo 3 (renda de 4 mil a R$ 7 mil). Confira as taxas de juros: 

Moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste

  • Grupo 1: Taxa de juros de 5% a 5,25% (não cotista do FGTS) e de 4,5% a 4,75% (cotista do FGTS)
  • Grupo 2: Taxa de juros de 5,5% a 7% (não cotista) e de 5% a 6,5% (cotista)
  • Grupo 3: Taxa de juros de 8,16% (não cotista) e de 7,66% (cotista)

Moradores das regiões Norte e Nordeste:

  • Grupo 1: Taxa de juros de 4,75% a 5% (não cotista do FGTS) e de 4,25% a 4,5% (cotista do FGTS)
  • Grupo 2: Taxa de juros de 5,25% a 7% (não cotista) e de 4,75% a 6,5% (cotista)
  • Grupo 3: Taxa de juros de 8,16% (não cotista) e de 7,66% (cotista)
Jornal Midiamax