Cotidiano

VÍDEO: canoístas salvam turista à deriva em uma das corredeiras mais perigosas de MS

Prestes a se afogar, um turista foi salvo por canoístas, quando estava à deriva no rio Aquidauana, no distrito de Piraputanga, no último domingo (25). O grupo, que já conhecia a região, usou um bote inflável para retirá-lo do local com segurança. Ele ficou preso se agarrando em pedras por cerca de uma hora e […]

Dayene Paz Publicado em 27/10/2020, às 09h50 - Atualizado às 10h22

Canoístas salvaram turista no domingo. Imagem: Reprodução | O Pantaneiro
Canoístas salvaram turista no domingo. Imagem: Reprodução | O Pantaneiro - Canoístas salvaram turista no domingo. Imagem: Reprodução | O Pantaneiro

Prestes a se afogar, um turista foi salvo por canoístas, quando estava à deriva no rio Aquidauana, no distrito de Piraputanga, no último domingo (25). O grupo, que já conhecia a região, usou um bote inflável para retirá-lo do local com segurança. Ele ficou preso se agarrando em pedras por cerca de uma hora e meia. A região é uma das corredeiras mais perigosas de Mato Grosso do Sul.

Todo o socorro foi filmado por um policial militar. O turista tentou atravessar o rio a nado, mas sem sucesso. Ele sentiu câimbras nos braços durante o trajeto, não conseguiu voltar, ficando à deriva. O homem então se agarrou às pedras e pediu por socorro. Foi quando testemunhas acionaram a Polícia Militar.

A PM recorreu aos canoístas João Paulo Coelho, Luiza Cavalieri e Renato Broz, que estavam próximos ao local, divulgou O Pantaneiro. Em conversa, entenderam que um deslocamento de viatura do Corpo de Bombeiros seria mais demorado. Então, experientes e já familiarizados com os perigos do local, os canoístas viram que era possível salvar a vítima, que ficou por cerca de uma hora e meia, presa entre as pedras.

“A gente pegou um bote e se aproximou dele. Eu passei o colete pra ele, expliquei sobre como ele deveria ficar. Ele então subiu no bote e saímos remando de lá”, disse João Paulo, alertando sobre o risco. “Ali é muito perigoso para nadar”, completou.

Jornal Midiamax