Cotidiano

Campo-grandense se anima com reabertura da Praça Ary Coelho e espera melhora até nas vendas

Com a liberação da Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande) para reabertura de um dos principais parques da cidade, para a quarta-feira (28), moradores ficaram animados com a novidade e esperam que movimente o comércio em torno do Parque Ary Coelho, na Avenida Afonso Pena. O fechamento em razão da pandemia de […]

Karina Campos Publicado em 27/10/2020, às 14h28 - Atualizado em 28/10/2020, às 08h53

(Foto: Leonardo de França)
(Foto: Leonardo de França) - (Foto: Leonardo de França)

Com a liberação da Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande) para reabertura de um dos principais parques da cidade, para a quarta-feira (28), moradores ficaram animados com a novidade e esperam que movimente o comércio em torno do Parque Ary Coelho, na Avenida Afonso Pena.

O fechamento em razão da pandemia de coronavírus, desde março deste ano, decepcionou até mesmo quem abraçou a Capital como lar. Cristopher Ascamio, 38 anos, veio da Venezuela há dois anos em buscas de oportunidades e adorava passar o horário de almoço na praça.

Para se ter uma ideia do encanto do técnico de placa solares pela praça ele trabalha em uma empresa localizada na Avenida Bandeirantes, mas quase diariamente ia para a praça se distrair. Mesmo com o espaço fechado ele ia até a praça, mas só ficava do lado de fora.

“Vinha para distrair a mente, tentar ver animais pequenos. É muito tranquilo. Quero que volte a funcionar a fonte como antes”, disse.

O repositor de mercadorias, José Orlando,25, natural de Alagoas, também tinha a rotina de visitar a região. Morando no Nova Lima, em dias de folga, gostava de sentar nos tradicionais bancos, tomar água de coco e curtir a paisagem.

Campo-grandense se anima com reabertura da Praça Ary Coelho e espera melhora até nas vendas
O venezuelano Cristopher abraçou Campo Grande como e adora ficar na praça para se relaxar. (Foto: Leonardo de França)

“É a terceira vez que venho no centro e está fechado. Era gostoso, fresquinho, bom para ficar. Quando era aberto, era cheio. Quero fazer isso de novo. ”

O vendedor ambulante Cassiano Fernandes,28, vende as mercadorias na região central há 10 anos e com o fechamento viu pessoas dando de cara com o portão, pois não sabiam do decreto. A expectativa é que o movimento retome o faturamento do comércio.

“Muita gente vem só para entrar no parque; mães com crianças e gente de fora, só para ver a fonte, que é uma atração turística, tirar fotos, usar o Wi-fi e sentar ao ar livre. Agora vai melhorar e voltar a vir gente”, ressaltou.

A prefeitura divulgou no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta terça-feira a autorização para reabertura de mais espaços públicos, sendo 9 parques municipais.

Vale ressaltar que a entrada será permitida com as normas de biossegurança para evitar transmissão da Covid-19, como uso de máscara e distanciamento social.

O que vai reabrir?

São a Praça Ary Coelho; Praça Itanhangá – Área de Lazer Lúdio Martins de Coelho Filho – Ludinho; Praça OshiroTakemori (Praça do Mercadão); Praça Oswaldo Arantes (Praça das Águas); Praça Cuiabá; Praça da República da Bolívia; Praça das Araras; Praça do Papa; Corredor Cultural Waldir dos Santos (Orla Ferroviária).

Ainda, Praça “Escola Municipal Isauro Bento Nogueira” – Distrito de Anhanduí; Armazém Cultural; Arquivo Histórico de Campo Grande; Biblioteca Municipal Anna Luiza Prado Bastos; Centro de Música Hernani Alves Costa; Esplanada Ferroviária; Museu José Antônio Pereira; Plataforma Cultural; entre outros espaços, segundo a Prefeitura de Campo Grande.

Campo-grandense se anima com reabertura da Praça Ary Coelho e espera melhora até nas vendas
José Orlando espera ver a fonte funcionando novamente. (Foto: Leonardo de França)
Jornal Midiamax