Cotidiano

Campo-grandense é multado por desmatamento ilegal em propriedade rural de Bonito

A Polícia Militar Ambiental de Bonito, município distante 297 quilômetros de Campo Grande, autuou e multou campo-grandense por desmatamento ilegal e exploração de madeira em propriedade rural. A multa ficou em R$ 1,2 mil e infrator responderá por crime ambiental. Uma equipe da PMA estava fazendo a fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município e […]

Carolina Rocha Publicado em 08/12/2020, às 17h18

Área desmatada em propriedade rural em Bonito. (Foto: Polícia Militar Ambiental de Bonito)
Área desmatada em propriedade rural em Bonito. (Foto: Polícia Militar Ambiental de Bonito) - Área desmatada em propriedade rural em Bonito. (Foto: Polícia Militar Ambiental de Bonito)

A Polícia Militar Ambiental de Bonito, município distante 297 quilômetros de Campo Grande, autuou e multou campo-grandense por desmatamento ilegal e exploração de madeira em propriedade rural. A multa ficou em R$ 1,2 mil e infrator responderá por crime ambiental.

Uma equipe da PMA estava fazendo a fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município e verificou uma área que havia sido desmatada e efetuado o plantio de pastagem. Os policiais vistoriaram o local e verificou que o proprietário tem uma licença para desmatar 75 hectares, mas o desmatamento não fazia parte desta área liberada.

Por uma imagem de satélite, compararam e perceberam que houve mesmo desvegetação e ocorrera há algum tempo. A conclusão foi feita através do uso de GPS, e 3,32 hectares foram destruídos.

Como já aconteceu tem tempo, a madeira proveniente do desmatamento não estava mais no local. O fazendeiro, campo-grandense, foi autuado e recebeu multa administrativa de R$ 1,2 mil. Também terá que responder por crime ambiental, que prevê de três a seis meses de detenção. o autuado foi notificado a apresentar um plano de recuperação da área degradada e alterada, junto ao órgão ambiental estadual.

Jornal Midiamax