Cotidiano

Bolsonaro e Marito se encontram no dia 15 para reabrir fronteiras entre o Paraguai e o Brasil

Aguardado ansiosamente por comerciantes paraguaios e turistas brasileiros, o encontro entre os presidentes do Brasil, Jair Messias Bolsonaro e do Paraguai, Mario Abdo Benitez, foi confirmado nesta quarta-feira (7) por representantes dos países e acontece no dia 15 de outubro. O local escolhido foi a Ponte da Amizade, na divisa entre Ciudade del Este e […]

Marcos Morandi Publicado em 08/10/2020, às 07h55 - Atualizado às 08h42

Exército paraguaio, durante bloquei na Linha Internacional. (Foto: Ademir Almeida)
Exército paraguaio, durante bloquei na Linha Internacional. (Foto: Ademir Almeida) - Exército paraguaio, durante bloquei na Linha Internacional. (Foto: Ademir Almeida)

Aguardado ansiosamente por comerciantes paraguaios e turistas brasileiros, o encontro entre os presidentes do Brasil, Jair Messias Bolsonaro e do Paraguai, Mario Abdo Benitez, foi confirmado nesta quarta-feira (7) por representantes dos países e acontece no dia 15 de outubro. O local escolhido foi a Ponte da Amizade, na divisa entre Ciudade del Este e Foz do Iguaçu.

Segundo informações do Palácio do Planalto, o encontro acontece nas proximidades das adunas de Brasil e Paraguai e deve marcar oficialmente a reabertura das fronteiras entre os dois países, fechada há sete meses em decorrência da pandemia.

A confirmação do ato simbólico também já estava sendo esperada por lojistas de Pedro Juan Caballero. O comércio na fronteira com Mato Grosso do Sul já está aberto, mas desde segunda-feira (5), os turistas brasileiros  estão enfrentando dificuldades para cruzar Linha Internacional.

Os cruzamentos que dão acesso às duas cidades estão sendo bloqueados diariamente por tropas da FTC (Força Tarefa Conjunta), que fazem parte do Exército Paraguaio. Nesta quarta-feira (7) soldados exigiram documentos de turistas e só liberam a passagem entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã para as pessoas que estavam à pé.

Jornal Midiamax