Cotidiano

Bloco de rua na Esplanada Ferroviária terá duas entradas oficiais neste Carnaval

Os foliões que se preparam para o Carnaval de Rua mais popular de Campo Grande terão uma novidade neste ano. Nos quatro dias de folia na Esplanada Ferroviária, haverá duas entradas oficiais, diferente dos anos anteriores. Conforme Silvana Valu, idealizadora do Cordão da Valu, a conquista de proporcionar duas entradas para os foliões foi de […]

Mariane Chianezi Publicado em 19/02/2020, às 16h08 - Atualizado às 16h14

Foto: Minamar Júnior/Midiamax/Arquivo
Foto: Minamar Júnior/Midiamax/Arquivo - Foto: Minamar Júnior/Midiamax/Arquivo

Os foliões que se preparam para o Carnaval de Rua mais popular de Campo Grande terão uma novidade neste ano. Nos quatro dias de folia na Esplanada Ferroviária, haverá duas entradas oficiais, diferente dos anos anteriores.

Conforme Silvana Valu, idealizadora do Cordão da Valu, a conquista de proporcionar duas entradas para os foliões foi de extrema importância para a organização.

Bloco de rua na Esplanada Ferroviária terá duas entradas oficiais neste Carnaval
Foto: Leonardo de França, Midiamax

“Nós nunca concordamos com uma única entrada, nós lutamos bastante para que isso fosse revertido e isso e conseguimos hoje”, disse Silvana em coletiva de imprensa. A novidade foi anunciada nesta tarde.

As entradas oficiais do Carnaval de Rua serão na Avenida Calógeras com a Antonio Maria Coelho; pela Rua General Melo com a 14 de Julho; O bloco Capivara Blasé, além da entrada oficial, será pela Rua Doutor Temistocles com a Rua 14 de Julho.

Também estavam presentes Angela Montealvão, Vitor Samúdio, André Vilela, arquiteto do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e Joel Souza, representante da Cruz Vermelha, que prestará socorro aos foliões durante os blocos.

A programação completa pode ser conferida clicando aqui.

Segurança

Neste ano, a Polícia Militar disponibilizará 120 militares para os quatro dias de festa; A Guarda Civil Municipal contará com 80 agentes e os Bombeiros terão 16 militares e três viaturas durante o evento. Além disso, a Prefeitura Municipal disponibilizará30 seguranças privados para atuar.

A Cruz Vermelha estará com 60 voluntários trabalhando em pontos estratégicos para fazer o atendimento básico dos foliões que precisarem. O atendimento será para auxiliar com desmaios ou pequenas lesões.

Outra novidade é que neste ano as crianças e os familiares receberão uma pulseira de identificação antes de entrar no bloco para que, caso a criança se perca na multidão, será possível a identificação para facilitar encontrar os pais ou responsável.

Higiene e limpeza

Neste ano, serão disponibilizados 220 banheiros químicos, sendo 120 fornecidos pela Prefeitura e 100 pelo Governo Estadual.

Além dos contêineres e lixeiras instaladas ao longo do bloco, a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) afirmou que a limpeza dos blocos começará mais cedo. A primeira parte da “faxina” acontecerá assim que o bloco se encerrar e, a segunda, começará às 5h da manhã com a limpeza usando água.

Economia

Os dias de Carnaval em Campo Grande também deve movimentar a economia da cidade. De acordo com a Prefeitura Municipal durante os quatro dias, R$ 40 milhões deverão ser injetados na economia.

Jornal Midiamax