Cotidiano

Bebê nasce dentro do carro a caminho da maternidade em Campo Grande

Laís Liliane Silva Cardena Mendes souza de Oliveira, 20, começou a sentir contrações às 6h de segunda-feira (6), no Bairro Nova Campo Grande. Porém, ela chegou na Maternidade Cândido Mariano em trabalho de parto e acabou dando a luz no estacionamento da unidade, dentro do carro. A jovem conta que começou sentir dores pela manhã […]

Karina Campos Publicado em 10/04/2020, às 16h27 - Atualizado em 11/04/2020, às 13h52

Miguel nasceu com mais de 3 kg. (Foto: Arquivo Pessoal)
Miguel nasceu com mais de 3 kg. (Foto: Arquivo Pessoal) - Miguel nasceu com mais de 3 kg. (Foto: Arquivo Pessoal)

Laís Liliane Silva Cardena Mendes souza de Oliveira, 20, começou a sentir contrações às 6h de segunda-feira (6), no Bairro Nova Campo Grande. Porém, ela chegou na Maternidade Cândido Mariano em trabalho de parto e acabou dando a luz no estacionamento da unidade, dentro do carro.

A jovem conta que começou sentir dores pela manhã acreditando que logo passaria e não era a hora de Miguel nascer. “Umas 10h, a dor começou aumentar, foi a hora que chamei meu marido. Ele foi falar com o pai dele para me levar na maternidade. No caminho, senti ele nascendo. Ganhei lá”, explica.

A previsão era que o pequeno nascesse apenas no dia 17 deste mês, e além de ter nascido dentro do carro, o susto maior foi porque ele nasceu com o cordão umbilical enrolado no pescoço. Miguel nasceu com 3,110 quilos e 47,5 centímetros, saudável e já está se recuperando com a mãe em casa.

“Na mesma hora que estava no carro, meu marido tirou o cordão umbilical do pescoço que estava enrolado. Ele já estava ficando roxo. Depois que retirou, ele chorou, mas no começo eu e meu esposo ficamos preocupados, mas graças a Deus ficou tudo bem”.

Jornal Midiamax