Cotidiano

Barreiras sanitárias apontam redução de 22% fluxo de pessoas nas estradas do MS

A Comissão de Controle Sanitário de Mato Grosso do Sul apresentou neste sábado (11), o balanço de abordagens da Sexta-Feira Santa, nas estradas do Estado. Os dados apontaram redução de 22% de fluxo de pessoas, por com da barreira sanitária, efetiva como medida para evitar o avanço do coronavírus (Covid-19). São 17 barreiras espalhadas pelas […]

Karina Campos Publicado em 11/04/2020, às 15h52 - Atualizado às 16h30

(Divulgação | Governo do Estado)
(Divulgação | Governo do Estado) - (Divulgação | Governo do Estado)

A Comissão de Controle Sanitário de Mato Grosso do Sul apresentou neste sábado (11), o balanço de abordagens da Sexta-Feira Santa, nas estradas do Estado. Os dados apontaram redução de 22% de fluxo de pessoas, por com da barreira sanitária, efetiva como medida para evitar o avanço do coronavírus (Covid-19).

São 17 barreiras espalhadas pelas rodovias de MS. Conforme o balanço, o número é diferente em relação à véspera de feriado, em que 13.617 pessoas entraram no Estado vindos de outras regiões do país. Porém, o índice ainda foi maior em relação ao último final de semana que registrou média de 7 mil pessoas abordadas.

A barreira que mais registrou entradas no Estado foi a do município de Bataguassu, registrando 17.887 pessoas abordadas. Já o Posto Fiscal de Três Lagoas, apresenta 13.421 pessoas abordadas em 5.946 meios de transportes. O Aeroporto Internacional de Campo Grande registra 1.560 pessoas abordadas em 32 aeronaves que pousaram na Capital. Ao total, 80.938 pessoas foram abordadas em 38.415 meios de transportes. Os veículos de passeio ainda são a maioria 26.187.

Jornal Midiamax