Cotidiano

Atacadão oferece estadia em hotel para ‘vizinhos’ por conta da fumaça

Representantes do Atacadão, na Avenida Duque de Caxias, procuraram moradores que fazem divisa com o hipermercado para oferecer estadia em um hotel por conta da fumaça que ainda sai do local. O Corpo de Bombeiros ainda tenta acabar com focos de incêndio em um local de difícil acesso, por conta da estrutura que está comprometida. […]

Fábio Oruê Publicado em 14/09/2020, às 18h23 - Atualizado às 18h24

(Foto: Marcos Ermínio)
(Foto: Marcos Ermínio) - (Foto: Marcos Ermínio)

Representantes do Atacadão, na Avenida Duque de Caxias, procuraram moradores que fazem divisa com o hipermercado para oferecer estadia em um hotel por conta da fumaça que ainda sai do local.

O Corpo de Bombeiros ainda tenta acabar com focos de incêndio em um local de difícil acesso, por conta da estrutura que está comprometida.

Mais de 24h depois do início do incêndio a fumaça ainda domina a área.

Na Rua Américo Vespúcio, aos fundos do hipermercado, a síndica do Condomínio Monte Cristo, Luciana Rodrigues, de 28 anos, contou que 10 famílias do residencial vão para o hotel, com direito a estadia e alimentação.

“Eu não fui [ontem] porque a fumaça não estava incomodando”, disse ela ao Jornal Midiamax, explicando que nesta segunda-feira (14) ele entrou em contato com os representantes e solicitou a hospedagem.

Já o engenheiro civil Luiz Nazareno, de 71 anos, foi informado sobre esta possibilidade.

“Essa fumaça está difícil; direto está ardendo meu olho”, contou ele, que preferiu ir para a casa de um parente.

Porém, a dona de casa Cristina Pereira, de 48 anos, que mora a uma quadra de distância do Atacadão, disse que ninguém a procurou.

“Está insuportável; ficamos na rua ontem e ninguém veio”, disse ela, que contou que seu nariz está “querendo sangrar”.

Procurada, a assessoria do atacadista confirmou que ofereceu ontem a opção de hospedagem, mas que eles preferiram permanecer em suas residências.

“No entanto, hoje (14), devido a mudança de rota da fumaça causada pelo vento, algumas famílias optaram pelo hotel”, informa a nota enviada ao Jornal Midiamax.

Jornal Midiamax