Cotidiano

Após surto de coronavírus ser contido no Sudoeste, SES espera o mesmo na Grande Dourados

Secretário de Estado de Saúde afirma que região terá prioridade na destinação de recursos e EPIs para enfrentamento da Covid-19

Humberto Marques Publicado em 07/06/2020, às 16h59 - Atualizado em 17/07/2020, às 23h49

Geraldo Resende disse esperar controle de surto de Covid-19 na Grande Dourados. (Imagem: Reprodução)
Geraldo Resende disse esperar controle de surto de Covid-19 na Grande Dourados. (Imagem: Reprodução) - Geraldo Resende disse esperar controle de surto de Covid-19 na Grande Dourados. (Imagem: Reprodução)

Depois de a região Sudoeste do Estado, onde municípios como Guia Lopes da Laguna, Bonito e Jardim despontaram no volume de casos de coronavírus, ter os focos de Covid-19 “controlados”, o Governo do Estado projeta fazer o mesmo na Grande Dourados. Para tanto, espera-se que, nos próximos dias, sejam entregues equipamentos e recursos para a Saúde dos municípios da região.

“Queremos acreditar que vamos ter condições de cessar esse surto e fazer uma contenção como conseguimos em Guia Lopes da Laguna, Jardim e Bonito, onde a Secretaria de Estado de Saúde teve uma vitória com participação dos prefeitos e de todas as equipes de Saúde da região”, afirmou neste domingo (7) o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, durante live pela manhã que atualizou para 2.553 o total de casos de coronavírus no Estado.

Guia Lopes da Laguna ainda é o terceiro município do Estado em casos confirmados de Covid: após o surto no início de maio, iniciado entre trabalhadores de um frigorífico, a cidade chegou a este domingo com 241 infectados (entre pacientes em observação e já recuperados).

Embora a taxa de incidência de Covid-19 em Guia Lopes siga entre as mais altas do Brasil (foi de 2.435,6 por 100 mil pessoas conforme o divulgado neste domingo), o ritmo de contaminação na cidade caiu. No último boletim, não houve casos novos, ante as dezenas nos relatórios anteriores. O mesmo valeu para Bonito, enquanto Jardim viu um caso ser descontado de seu relatório local.

Por outro lado, os casos em Dourados e região estão em franca evolução –dos 121 novos anunciados neste domingo, 78 são na cidade. Douradina (1.164,8 casos por 100 mil habitates), Fátima do Sul (797,3), Vicentina (770,2), Rio Brilhante (271,9) e Itaporã (257,7) aparecem logo abaixo de Guia Lopes no ranking estadual de incidência de Covid-19, justamente à frente de Dourados (256,1).

Além do encaminhamento de recursos e adicionais de repasses para a Grande Dourados, Geraldo disse que colocou representantes da SES “apadrinhando” prefeituras, “para ajudar as equipes locais, principalmente, na questão da Vigilância em Saúde, no monitoramento de casos positivos, nos contatos, enfim, para a contenção”.

Para esta semana, espera-se anunciar a doação de leitos clínicos e de UTI para a Grande Dourados, bem como entrega de materiais como máscaras e de cartilhas em guarani, para a população indígena, a fim de orientar sobre o enfrentamento da pandemia.

O Governo do Estado ainda negocia sua inclusão no programa Todos pela Saúde, mantido por um banco, para a distribuição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para profissionais de Saúde –a Grande Dourados, como região de grande número de casos, teria prioridade.

Jornal Midiamax