Cotidiano

Após morte encefálica, criança que estava em MS tem rins e córneas captadas e doadas para SP

Após ter morte encefálica, os pais de uma criança de 10 anos autorizaram a realização da doação dos rins e córneas do filho. O processo de captação dos órgãos foi realizado na manhã desta sexta-feira (6), pela equipe Urologia e do Banco de Olhos do da Santa Casa de Campo Grande De acordo com o […]

Karina Campos Publicado em 06/11/2020, às 16h08 - Atualizado às 17h43

Rins já foram encaminhados para paciente de São Paulo. (Foto: Divulgação)
Rins já foram encaminhados para paciente de São Paulo. (Foto: Divulgação) - Rins já foram encaminhados para paciente de São Paulo. (Foto: Divulgação)

Após ter morte encefálica, os pais de uma criança de 10 anos autorizaram a realização da doação dos rins e córneas do filho. O processo de captação dos órgãos foi realizado na manhã desta sexta-feira (6), pela equipe Urologia e do Banco de Olhos do da Santa Casa de Campo Grande

De acordo com o hospital, a criança não mora em Mato Grosso do Sul, mas passava uma temporada no interior do Estado. Durante o período, começou a desenvolver uma sinusite, que acabou evoluindo rapidamente para uma infecção bacteriana cerebral gravíssima.

O quadro do paciente piorou, levando a uma trombose venosa cerebral (um tipo de AVC – Acidente Vascular Cerebral) irreversível, causando a morte encefálica.

Os rins já foram encaminhados para o Estado de São Paulo, onde deve receber a doação para um paciente na fila de transplante. As córneas estão no Banco dos Olhos do hospital.

A equipe médica no procedimento foi composta pelo cirurgião e médico Urologista, Dr. Guilherme Stangarlin e pelo residente em urologia, Dr. Ricardo Ossuma Tamazato.

Jornal Midiamax