Cotidiano

Após chuva, 752 moradores ainda estão sem energia em Campo Grande

Após a forte chuva que atingiu Campo Grande na madrugada, muitos bairros foram prejudicados e acabaram ficando sem energia elétrica. A concessionária que administra a distribuição de energia disse ao Jornal Midiamax que 752 moradores ainda estão sem abastecimento de luz. Conforme a meteorologia choveu 26 milímetros na madrugada e muitas redes foram prejudicadas. De […]

Mariane Chianezi Publicado em 29/10/2020, às 17h18 - Atualizado às 17h35

Foto: Divulgação/Ministério de Minas e Energia
Foto: Divulgação/Ministério de Minas e Energia - Foto: Divulgação/Ministério de Minas e Energia

Após a forte chuva que atingiu Campo Grande na madrugada, muitos bairros foram prejudicados e acabaram ficando sem energia elétrica. A concessionária que administra a distribuição de energia disse ao JornalMidiamax que 752 moradores ainda estão sem abastecimento de luz.

Conforme a meteorologia choveu 26 milímetros na madrugada e muitas redes foram prejudicadas. De acordo com a Energisa, sete bairros ainda estão em situação crítica quanto ao reabastecimento de energia. Confira quais são:

Maria Aparecida Pedrossian, Vila Piratininga, Jardim Centenário, Jardim Paulista, Jardim Seminário, Parque Rita Vieira e Cabreúva. A empresa segue realizando as manutenções para que tudo se normalize. Os moradores que precisarem de atendimento podem acionar a concessionária através dos número 0800 722 7272 e o WhatsApp (67) 99980-0698.

Só nesta quinta-feira um grande volume de chuva havia sido registrado até às 7 horas e fez Campo Grande superar o esperado de chuva para o mês. “O acumulado do mês é de 141,9 milímetros, atingindo o volume esperado de chuva, que é de 134,2 milímetros”, informou o meteorologista Natálio Abraão, da Uniderp Anhanguera.

Ainda, de acordo com os dados, está chovendo em Ponta Porã, com acumulado de 41,2 milímetros, ventos de 49 km/h e temperatura agora em 17°C. A cidade que faz fronteira com o Paraguai, ainda registra névoa úmida, com baixa visibilidade.

Cuidados

Em caso de ventos fortes a orientação principal é não estacionar embaixo de árvores, placas de propaganda e torres de transmissão, pois há risco de queda. No caso de chuvas fortes, não subir em telhados durante ou após a tempestade; evitar pontos de alagamentos ou enxurradas temporárias; no trânsito, buscar rotas alternativas ou lugar seguro para esperar a chuva passar; caso não seja possível dirija devagar, acenda o farol e mantenha distância dos veículos à sua frente.

Em caso de raios, evite locais abertos; não se abrigue embaixo de árvores; mantenha distância de cercas de metal; fique calçado; desligue eletroeletrônicos da tomada; não fique em pontos altos como morros ou topos de prédios; e não se abrigue embaixo de estruturas metálicas.

Para receber os alertas daDefesa Civil basta enviar um SMS para o número 40199 e colocar no corpo da mensagem o CEP da residência.

Jornal Midiamax