Cotidiano

VÍDEO: Após 72 horas, filhotes são resgatados de bueiro com ajuda de escavadeira

Filhotes com cerca de 50 dias haviam sido notados por criança de 10 anos em bueiro no Jardim Presidente no dia 31 de agosto.

Humberto Marques Publicado em 03/09/2020, às 16h41 - Atualizado em 04/09/2020, às 07h41

Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/Kamila Mirele)
Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/Kamila Mirele) - Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/Kamila Mirele)

Foram cerca de 72 horas de agonia que terminaram na manhã desta quinta-feira (3), quando, com o apoio de uma escavadeira, dois filhotes de cachorro foram resgatados de um bueiro no Jardim Presidente, região norte de Campo Grande. A história, documentada por ONGs e vizinhos, começou com a descoberta de um garoto de 10 anos, que acabou por mobilizar Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Infrastrutura e a Subsecretaria de Bem-Estar Animal de Campo Grande, entre outros.

Os filhotes –um macho e uma fêmea– têm cerca de 50 dias e foram retirados desidratados do local, ainda assustados, encaminhados para resgatantes.

Conforme os relatos, Ariel, 10 anos, foi o primeiro a ouvir um latido contínuo vindo de um bueiro ainda em 31 de agosto. O menino avisou a mãe e esta encaminhou o apelo, que chegou a grupos de proteção animal via WhatsApp até que, em 2 de setembro, a Guarda Municipal encaminhou equipe da Patrulha Ambiental, acionada por volta das 23h.

O problema é que a equipe não conseguiu chegar aos cães, e pediu apoio dos bombeiros –que também não puderam agir por já ser noite. A avaliação era de que seria necessária uma escavadeira para complementar o resgate.

A Subsecretaria de Bem-Estar Animal, por seu turno, acionou a Sisep, que disponibilizou o equipamento pesado. Na manhã desta quinta-feira, os trabalhos tiveram início a partir de uma escavação lateral ao bueiro. Somente depois de o poço de verificação ser acessado, foi possível entrar no local.

“Para entrar no bueiro foi preciso até mesmo usar equipamento respiratório por ser um ambiente asfixiante”, relatou o tenente Lopes, do Corpo de Bombeiros. O trabalho acabou sendo um sucesso. Confira abaixo o vídeo do resgate:

Voluntária de proteção animal, Marinete Freitas acompanhou a ação e se prontificou a acolher os dois cãezinhos, sob acompanhamento da Gerência de Urgência e Resgate Animal da Subsecretaria. Assim que estiverem totalmente recuperados, eles devem ser encaminhados para adoção.

A notícia do resgate foi comemorada nas redes sociais. Na página oficial da ONG Abrigo dos Bichos, relato de Kamila Mirele, que havia postado inicialmente sobre o caso, comemorava o resultado.

“Mobilizamos um grupo de WhatsApp com mais de 200 pessoas e todos lutamos por essas duas vidas”, relatou, contando a saga do início dos primeiros áudios e dos compartilhamentos até a conclusão do resgate, incluindo o contato do município prometendo o apoio.

A Subsecretaria de Bem-Estar Animal pede que pessoas que desejem registrar denúncias de abandono ou maus-tratos contra animais que o façam pelo telefone 153, da Guarda Municipal.

Jornal Midiamax